Atualidade

Blue Friday quer ser a versão amiga dos oceanos da Black Friday

Iniciativa promove a defesa dos oceanos com momentos de reflexão e análise no mesmo dia em que se realiza a Black Friday
Texto
UNESCO cria Blue Friday para alertar para oceanos (Foto: H. Fin/Unsplash)
UNESCO cria Blue Friday para alertar para oceanos (Foto: H. Fin/Unsplash)

A tradição anual da Black Friday está de volta esta sexta-feira, 25 de novembro, com os seus descontos que convidam ao consumo desenfreado. A Comissão Oceanográfica Intergovernamental da UNESCO (COI-UNESCO) quer combater o movimento e vai lançar um evento em defesa dos oceanos, a Blue Friday (sexta-feira azul).

A Blue Friday vai realizar-se nos dias 25 e 26 de novembro, em Veneza, Itália, mas a COI-UNESCO quer levar este momento para todo o mundo e sensibilizar o maior número de pessoas possível para a proteção dos oceanos. Pretendem assim demonstrar que é possível consumir e produzir de forma mais sustentável.

Black Friday - AWAY
Black Friday (Foto: A. Forouzani/Unsplash)

A COI-UNESCO defende que o consumo em excesso e desnecessário tem um grande impacto económico, social e particularmente ambiental. Só no Reino Unido, em 2020, a Black Friday emitiu 429 mil toneladas de gases com efeito de estufa, equivalente ao peso de 61.308 elefantes.

O objetivo da organização com a iniciativa da Blue Friday é transformar um dia que por norma quem ganha é o consumismo num momento de reflexão e análise dedicado à defesa e proteção do Mar Mediterrâneo através de iniciativas de alfabetização oceânica.

Esta vai ser uma oportunidade para apresentar soluções concretas para as ameaças a todos os ambientes marinhos.

oceano - AWAY
Oceano (Foto: NOAA/Unsplash)

Durante o evento em Veneza, estão programadas mesas redondas sobre a economia verde e azul, com a participação de empresas internacionais. Os temas em destaque são o design e a moda sustentável, assim como uma análise sobre o efeito que as escolhas dos consumidores podem ter no meio ambiente, nomeadamente nos oceanos.

A iniciativa é organizada no âmbito da Década das Nações Unidas da Ciência dos Oceanos para o Desenvolvimento Sustentável (2021-2030), criada para promover o papel da ciência dos oceanos e incentivar um desenvolvimento mais sustentável.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Sabias que 1 em cada 4 EV utilizam baterias da Coreia do Sul?
Preço da gasolina e do gasóleo desce na próxima segunda-feira. Vê aqui
Autocarro português a hidrogénio está a chegar à Europa