Atualidade

Funeral da Rainha Isabel II. Porque havia tanta areia na estrada em Londres?

No percurso de Westminster Hall para a Abadia de Westminster e depois para o Arco de Wellington era visível a areia na estrada por onde passou a carruagem
Texto
Funeral Rainha Isabel II (Foto: Stefan Rosseau/Associated Press)
Funeral Rainha Isabel II (Foto: Stefan Rosseau/Associated Press)

As estradas em Londres surgiram parcialmente cobertas de areia por altura do funeral da Rainha Isabel II, no momento em que o caixão da monarca foi transportado esta manhã da Abadia de Westminster até ao Arco de Wellington antes de partir para o Castelo de Windsor.

A dúvida foi de imediato levantada. Mas porque razão havia tanta areia no chão? Seria apenas por causa dos cavalos não escorregarem no asfalto? Ou haveria outra razão?

Funeral Rainha Isabel II (Foto: Daniel Leal/Associated Press)

Por decisão da Rainha Isabel II ficou determinado que o seu caixão seria transportado em cima da mesma carruagem utilizada em 1901 no funeral da Rainha Vitória, e nos funerais de Eduardo VII e Jorge VI, bem como de Winston Churchill e de Lord Mountbatten, tio do príncipe Filipe.

De acordo com vários órgãos de comunicação social inglesa essa é a razão pela qual a areia foi colocada na estrada: para que o rolamento da carruagem ocorresse de forma tranquila e sem quaisquer possibilidades de danos no centenário equipamento.

A carruagem do funeral foi construída em 1896 (Foto: Chip Somodevilla/Associated Press)

A carruagem que transportou Isabel II

De acordo com a BBC, a carruagem que hoje todos puderam admirar no funeral da Rainha Isabel II foi manufaturada em 1896 na Royal Arsenal Factory em Woolwich, no Reino Unido. Apesar de originalmente ter sido construída para transportar canhões de guerra, nunca serviu em ações militares e foi convertida para o transporte do caixão real em fevereiro de 1901. Nessa altura foi acrescentada uma plataforma elevada e as rodas foram cobertas por borracha.

A carruagem militar é operada por cordas sendo manobrada tradicionalmente por 142 marinheiros da Royal Navy, distribuídos por 98 marinheiros na dianteira e lateral, manobradores e puxadores de cordas e 40 marinheiros na traseira com função de manobradores e efeito de travão.

Carruagem funeral Rainha Isabel II (Foto: Zac Goodwin/Associated Press)

Projetada para ser puxada por cavalos, a carruagem em 1901 acabou por ser puxada por homens devido aos receio de eventuais sustos dos animais com os gritos da multidão. Então, o funeral foi realizado com elementos da marinha e passou a operar desta forma, uma tradição que se manteve até hoje.

Quando não está a ser utilizada em funerais esta carruagem é religiosamente guardada numa sala com ambiente controlado no HMS Excellent ou “fragata de pedra” como também é conhecido o centro de treino principal e sede da Marinha Real Britânica no Porto de Portsmouth.

(Fotos: Todos os direitos Reservados/Associated Press)

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Radares PSP. Todas as localizações para o mês de outubro
Preço dos combustíveis vai subir para a próxima semana. A nossa previsão aqui
Eletricidade e gás ficam mais caros dia 1 de outubro