Mobilidade

Podes ser multado por levares o teu cão sem cinto de segurança no carro? Conhece as regras

Não corras riscos e viaja em segurança com o teu animal de estimação
Texto

Transportar os animais de estimação no carro pode ser muito prático, mas é importante fazê-lo em segurança para evitar dissabores. Se vais de férias, fazer um pequeno passeio ou simplesmente levar o teu cão ou gato ao veterinário, fica a saber o que diz o Código da Estrada sobre o transporte de animais e quais são as recomendações para defender todos os ocupantes do automóvel.

Apesar de perante a lei os animais já não serem considerados “coisas”, para o Código da Estrada ainda são classificados como “carga”. Isto quer dizer que na hora de viajar de automóvel, os animais de companhia não podem reduzir a visibilidade dos condutores nem a segurança da condução.

Cão - AWAY
Viajar com o animal de estimação (foto: Tadeusz Lakota/Unsplash)

Como refere no Decreto-Lei n.º 315/2003, “o transporte de animais deve ser efetuado em veículos e contentores apropriados à espécie e número de animais a transportar, nomeadamente em termos de espaço, ventilação ou oxigenação, temperatura, segurança e fornecimento de água, de modo a salvaguardar a proteção dos mesmos e a segurança de pessoas e outros animais.”

Se o transporte de animais não cumprir estas regras, ou seja, se o cão ou gato forem soltos, é punível com coima que pode ir dos 120 aos 600 euros, explica a Deco PROTeste. Isto, claro, dentro de Portugal. Se vais viajar para outros países, confirma as leis locais.

Como podes transportar em segurança o teu cão ou gato no carro?

Há várias opções para viajares de carro em segurança com o teu animal de estimação. Como já referimos, o teu cão ou gato não pode ir solto pois facilmente pode distrair-te e pôr em causa a segurança da condução. Por isso, partilhamos as três opções mais comuns para o transportares.

Caixa transportadora

As caixas transportadoras são boas opções para viajares com o teu patudo. Existem de vários tamanhos e feitas de vários materiais que facilmente se adaptam a diferentes animais e automóveis.

As caixas de plástico e de tecido são talvez as mais comuns, mas há ainda as jaulas e as caixas de metal, que acabam por ser mais robustas e mais pesadas. Tem em atenção o tamanho do animal e as suas características na hora de escolheres uma caixa.

Cão - AWAY
Caixa transportadora para animais (foto: Freepik)

Cinto de segurança

Uma outra opção é um cinto de segurança próprio para o animal. Normalmente são uns acessórios que prendem como uma trela e que depois ficam encaixados no mecanismo do cinto de segurança do carro.

Este acessório tem a vantagem de limitar menos o espaço do animal do que uma caixa.

Grelha divisória

A grelha divisória normalmente coloca-se entre os bancos traseiros do carro e a bagageira e evita que o animal seja projetado para a frente em caso de travagem brusca. Normalmente é apenas utilizada para transporte de cães e funciona melhor para animais de porte grande, já que lhes permite usufruir de mais espaço.

7 dicas para garantir uma viagem tranquila com o teu animal de estimação

Se por um lado há animais que adoram andar de carro, por outro, há animais que não suportam a viagem, ficando ansiosos ou indispostos durante a viagem.

Além dos cuidados a ter para se garantir a segurança durante a viagem, há ainda algumas coisas que podes fazer antes de te fazeres à estrada com o teu animal para garantir uma viagem tranquila. Vê as nossas dicas.

1. Passeia o cão antes de arrancares.

Passear o animal antes da viagem tem duas grandes vantagens: em primeiro lugar, o animal faz as suas necessidades e, em segundo, gasta energias e vai mais tranquilo.

2. Evita dar-lhe comida

Não alimentes o teu patudo antes de te fazeres à estrada para evitares que enjoe. Opta por fazê-lo até quatro antes da viagem.

Cão - AWAY
Atenção ao como levas o teu animal de estimação no automóvel

3. Leva objetos de conforto como uma manta ou um brinquedo

Ter um objeto que o teu animal reconhece e de que gosta é uma forma de lhe dar conforto e garantir que a experiência é positiva

4. Atenção ao ambiente no habitáculo

O ambiente deve ser tranquilo. Como tal, evita ter a música muito alta e tem em atenção a temperatura do espaço.

5. Faz paragens regularmente

Parar de duas em duas horas é uma recomendação para todos os condutores para evitar a fadiga. Os patudos também beneficiam destas paragens, já que podem fazer as suas necessidades e “esticar as patas”.

Cão - AWAY
Não deixes que vão com a cabeça de fora (foto: Unsplash)

6. Não te esqueças de lhe ir dando água

Leva água para o teu animal e não te esqueças de lhe ir oferecendo.

7. Nunca deixes o teu animal sozinho no automóvel

Hoje em dia, já há carros com modo animal de estimação que mantêm a temperatura dentro do habitáculo controlada. Ainda assim, se o teu animal de estimação não estiver habituado pode ficar ansioso e até magoar-se.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Radares da PSP: vê onde vão estar na próxima semana de 22 a 28 de abril
Mundo vive branqueamento em massa de corais pela segunda vez em 10 anos
Vê como fica o preço dos combustíveis na próxima semana