Sustentabilidade

Políticas de covid-19 em Hong Kong provocam avalanche de plástico

Utilização de plástico e baixa taxa de reciclagem está a provocar problema ambiental em Hong Kong
Covid-19 em Hong Kong provoca grave problema de plástico
Covid-19 em Hong Kong provoca grave problema de plástico

As políticas de Hong Kong para controlar a pandemia de covid-19 estão a ter um grande impacto a nível ambiental. Em todo o lado, os plásticos de utilização única tornaram-se norma para tentar diminuir contágios, e, uma vez que o país não tem grande taxa de reciclagem, estão a acabar em aterros sanitários.

Quem chega a Hong Kong por estes dias, é automaticamente levado para hotéis de quarentena. Nestes espaços, o plástico impera. De acordo com a Reuters, os comandos estão embrulhados em película aderente, as almofadas vêm em sacos de plástico e os talheres são todos de plástico. Para além disso, os funcionários também estão cobertos da cabeça aos pés em equipamento de proteção.

Centro de vacinação em Hong Kong (AP Photo/Kin Cheung)

Neste momento, estão a ser produzidos em Hong Kong 2300 toneladas de lixo plástico por dia. No entanto, a taxa de reciclagem é de apenas 11% o que faz com que todos estes resíduos acabem em aterros sanitários, representando uma grande pegada ambiental.

E o problema não acaba aqui. Segundo a Reuters, que cita Paul Zimmerman, um vereador eleito, as próprias instalações que servem para as pessoas fazerem quarentena são, em si, um desperdício.

O ritmo da sua construção faz com que estes edifícios não tenham os requisitos necessários para, mais tarde, poderem ser usados para habitação social, por exemplo.

Reciclagem (AP Photo/Lee Jin-man)

O governo já admitiu que tem noção do problema, no entanto não apresentaram uma solução para reduzir a utilização de plástico. Foi apenas feito um pedido às pessoas para tentarem, no seu dia a dia, tomar decisões mais conscientes ecologicamente.

Continuar a ler
Home
Descobre o que pensam os CEOs sobre a sustentabilidade nas empresas
Novos radares em Lisboa dia 01 de junho. Sabe aqui onde estão
Cuidado com o calor. Vêm aí máximas de 35 graus!