Sustentabilidade

Horta à Porta transforma munícipes de Matosinhos em agricultores

Câmara Municipal de Matosinhos disponibiliza pequenos terrenos para cultivo a quem queira praticar agricultura biológica
Texto
Horta à Porta (foto: Câmara Municipal de Matosinhos)
Horta à Porta (foto: Câmara Municipal de Matosinhos)

Chama-se Horta à Porta e é um projeto que incentiva pessoas a apostar na agricultura biológica. A medida existe em Matosinhos desde 2005, mas todos os anos tem vindo a crescer. Em agosto, com o novo projeto da Horta das Ribeiras, em Perafita, começou a ser dada a formação em agricultura biológica para as pessoas que ficaram responsáveis por cada um dos 50 talhões.

A próxima horta no âmbito do projeto vai nascer em Guifões e a abertura do concurso para a empreitada deverá ter início entre final de setembro e início de outubro.

O projeto Horta à Porta – hortas biológicas da região do Porto tem como parceiro a Lipor, empresa de gestão de resíduos do grande Porto, e disponibiliza talhões de cerca de 25 metros quadrados a particulares que queiram praticar agricultura biológica e compostagem. Quem recebe os talhões tem também direito a formação em agricultura biológica.

Câmara Municipal de Matosinhos juntou-se ao projeto em 2005 e a primeira horta foi aberta em Custóias, com 34 talhões. Desde então, já foram inaugurados dez espaços com dezenas de talhões.

O projeto Horta à Porta permite a criação de espaços verdes dinâmicos, ao mesmo tempo que promove o contacto com a Natureza e a criação de hábitos mais saudáveis. Os talhões são distribuídos pelos munícipes inscritos, que têm a obrigação de fazer a manutenção da horta e aplicar os princípios da agricultura biológica. Todos os produtos cultivados são para consumo próprio.

Para quem estiver interessado em fazer a pré-inscrição no projeto, a Câmara Municipal de Matosinhos explica que poderá fazê-lo na Loja do Munícipe.

(Foto: Câmara Municipal de Matosinhos)

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
TAP encomenda dezenas de BMW enquanto recebe dinheiro do estado
Benfica vs PSG condiciona trânsito em Lisboa. Vê aqui tudo
Comboio de alta velocidade a hidrogénio arranca em Espanha em 2023