Sustentabilidade

Quinta da Pacheca cria horta biológica em prol da sustentabilidade

Horta localizada num dos espaços da propriedade, junto ao rio Douro, foi construída com recurso a materiais reutilizados
Horta biológica da Quinta da Pacheca
Horta biológica da Quinta da Pacheca

São centenas as espécies de flores, frutícolas, ervas aromáticas e leguminosas representadas na nova horta biológica que está a nascer na Quinta da Pacheca, produtor de vinho da região do Douro com uma propriedade de cerca de 75 hectares.

A ideia de criar uma nova horta com produtos biológicos representa um primeiro passo do conceito “Pacheca Nature”, um compromisso da empresa para com a sustentabilidade e o ambiente.

Para além de contribuir para o aumento da biodiversidade na Quinta da Pacheca, a horta irá também providenciar alimentos que serão usados no restaurante do The Wine House Hotel, a unidade hoteleira que ali fica.

Não seremos, para já, autossuficientes, mas já é muito importante ter na oferta do restaurante uma parte relevante do que as terras da Pacheca produzem, além do vinho”, refere Sandra Dias, diretora-geral adjunta e responsável pela área de enoturismo na empresa.

Na nova horta biológica, a sustentabilidade vai além dos produtos e dos métodos aplicados no seu crescimento. A própria construção das infraestruturas – a cerca, os canteiros, a estufa e o centro de compostagem – foi realizada com recurso a materiais reutilizados da quinta, tais como paletas, paus e pedras da vinha, e sobras de construções da área do hotel e da atividade agrícola e vitícola.

Dividida em três zonas distintas, a horta biológica da Quinta da Pacheca apresenta uma elevada diversidade de produtos, entre hortícolas de fruto, leguminosas, raízes, flores e ervas aromáticas. Beringela, melancia, milho doce, pimento padrón, mirtilo, alcachofra, girassol e dália, são algumas das espécies que lá se podem encontrar, a par das aromáticas cebolinho, coentro e cidreira.

(Fotos: divulgação e M. Spiske/Unsplash)

Continuar a ler
Home
Combustíveis: gasóleo vai finalmente descer na próxima segunda-feira
Supervan desportiva de entregas rápidas com 1.470 kW
Carros elétricos usados. Uma boa opção? O que ter em conta?