Sustentabilidade

Selo de produção sustentável entregue a 10 produtores de vinho do Alentejo

Certificação reconhece boas práticas económicas, sociais e ambientais das vinhas até à adega
Vinhos alentejanos com certificado de sustentabilidade (Foto: Unsplash)
Vinhos alentejanos com certificado de sustentabilidade (Foto: Unsplash)

A produção de vinho no Alentejo parece estar cada vez mais sustentável. Dez produtores de vinho na região receberam o selo de produção sustentável da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA). Até ao fim de 2022, o número de produtores com o certificado deverá duplicar.

De acordo com o coordenador do Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA), João Barroso, citado pela Lusa, os dez produtores que receberam o selo representam 10% das adegas inscritas no programa. Ao todo, o programa tem inscritos cerca de 400 viticultores e 100 adegas, o que representa cerca de “um terço dos viticultores e metade das adegas” de toda a região.

João Barroso acredita que este selo dá uma “vantagem competitiva” aos produtores, uma vez que os mercados e os consumidores procuram cada vez mais produtos de produção biológica e sustentável.

Todos os estudos apontam que aproximadamente 70% dos consumidores já perguntam, já pedem qualquer género de credencial associada com o perfil de sustentabilidade dos seus produtos, nomeadamente o vinho”, adiantou.

Considerada inédita em Portugal, esta certificação, lançada pela CVRA em agosto de 2020, reconhece aos produtores da região alentejana boas práticas económicas, sociais e ambientais das vinhas até à adega.

“A sustentabilidade já não é uma moda e veio para ficar”, defendeu o coordenador do PSVA, salientando que “o Alentejo é a única região em Portugal que tem um programa de sustentabilidade”.

A CVRA foi criada em 1989 e é responsável pela proteção e defesa da Denominação de Origem Controlada (DOC) Alentejo e da Indicação Geográfica Alentejano, certificação e controlo da origem e qualidade, promoção e fomento da sustentabilidade.

O Alentejo é líder nacional em vinhos certificados, com cerca de 40% de valor total das vendas num universo de 14 regiões vitivinícolas em Portugal.

(Fotos: Alice/Flickr e K. Knight e H. Rivera/Unsplash)

Continuar a ler
Home
Conferência dos Oceanos 2022 em Lisboa até 1 de julho
Subida de água no planeta. Vê aqui este projeto de sensibilização em Copenhaga
Estão a aparecer microplásticos em gelo na Antártida