Atualidade

Obras de reabilitação de complexo desportivo em Grândola incluem painéis solares

Investimento de 1,39 milhões de euros vai permitir fazer reabilitação do espaço desportivo e melhorar a eficiência energética
Texto
Grândola (foto: Filipesoares77/Flickr)
Grândola (foto: Filipesoares77/Flickr)

A Câmara de Grândola (distrito de Setúbal) vai investir cerca de 1,39 milhões de euros na reabilitação e na melhoria da eficiência energética do Complexo Desportivo Municipal José Afonso, foi anunciado.

Num comunicado enviado à agência Lusa, o município explica que a obra arrancou hoje e vai decorrer em duas fases, sendo a primeira na zona da entrada e no pavilhão, ao passo que a segunda vai incidir na zona da piscina.

A segunda etapa terá início “apenas quando a primeira fase estiver concluída”.

De acordo com a autarquia, os trabalhos no pavilhão vão incidir na reabilitação da cobertura, devido a condensações provocadas pela sobreposição de diferentes painéis de revestimento, bem como na correção dos pendentes das caleiras de drenagem e sua impermeabilização.

Vai ser feita a substituição da iluminação em halogénio por iluminação LED, “com a respetiva gestão técnica e por fases”, e da rede de abastecimento de águas, com a colocação de um termoacumulador apoiado por um sistema de painéis solares.

A aplicação de revestimento cerâmico nas paredes dos corredores e dos balneários e a colocação de um novo piso liso e antiderrapante em toda a área de circulação e nos balneários (que serão também dotados de novas portas e bancos e grelhas de ventilação) são outras das medidas previstas.

“Nesta primeira fase da obra continuam em funcionamento a piscina municipal, o ginásio de musculação e o estúdio jovem. O acesso a qualquer um dos três espaços far-se-á pela rampa de acesso ao piso -1 do complexo”, lê-se na nota.

Segundo a Câmara de Grândola, a empreitada iniciada hoje vai permitir reduzir o consumo de energia e “proporcionar mais e melhores condições de segurança, salubridade e higiene, conforto térmico e acústico”.

“Recorde-se que este importante equipamento desportivo, que recebe diariamente centenas de utilizadores, está ao serviço da população há mais de três décadas: a piscina está em funcionamento há 32 anos e o pavilhão há 26 anos”, sublinha.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Radares da PSP: vê onde vão estar de 15 a 21 de julho
Cidades mais verdes e menos compactas têm taxa de mortalidade mais baixa
Vai nascer mais um troço de ciclovia em Lisboa