Energia

Renováveis asseguraram 63% da energia elétrica de janeiro a maio

Portugal continua a crescer na quota de abastecimento de eletricidade com energia verde
Texto
Energias renováveis: hidroelétrica (foto: REN/Divulgação)
Energias renováveis: hidroelétrica (foto: REN/Divulgação)

A produção de energia elétrica a partir de fontes renováveis abasteceu 63% do consumo interno em Portugal desde o início do ano até maio.

Dados da Rede Elétrica Nacional (REN) revelam que, em maio, as renováveis eólicas, fotovoltaicas e hidroelétrica (com menor indicie de produtibilidade devido à seca – 0,28 - desde 1992), representaram 49% do consumo, seguido da energia não renovável com 17% e 34% de energia importada.

De janeiro até maio, a produção renovável abasteceu 63% do consumo, repartida pela eólica com 26%, hidroelétrica com 25%, fotovoltaica com 7% e biomassa com 6%.

A produção a gás natural abasteceu 18% do consumo, com os restantes 19% a corresponderem ao saldo importador. Um valor que é o mais elevado de sempre registado no sistema elétrico nacional para este período do ano.

No mercado de gás natural registou-se em maio uma contração de 25%, resultado de uma quebra ligeira de 1,2% no mercado convencional e de um recuo de 53% no segmento de produção de energia elétrica, devido fundamentalmente à importação de eletricidade registada. O abastecimento foi efetuado integralmente a partir do terminal de GNL de Sines, mantendo-se exportações através da interligação com Espanha, totalizando este mês 1561 GWh que passa a ser a exportação mensal mais elevada de sempre.

No período de janeiro a maio, o consumo acumulado anual de gás natural registou uma contração, com uma evolução negativa de 22%, resultado de quebras de 4,6% no segmento convencional e de 44% no mercado elétrico. Para este período trata-se do consumo mais baixo desde 2016.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Aproveita o calor de forma segura: 6 dicas para te protegeres do sol
Borras de café vão ser usadas para dar vida a solos lisboetas
Projeto português cria vidro que produz eletricidade a partir da luz solar