Energia

Portugal bate recorde na produção de energia renovável em 2023

Em 2023, mais de metade do consumo elétrico veio de fontes de energia renovável
Texto
Energia solar e eólica (foto: Sean Gallup/Getty Images)
Energia solar e eólica (foto: Sean Gallup/Getty Images)

A produção verde em Portugal continua a aumentar e, em 2023, o consumo elétrico a partir de energias renováveis foi o mais alto de sempre. No total, 61% do consumo de energia elétrica veio de produção renovável, num total de 31,2 TWh.

A energia eólica foi a que mais abasteceu Portugal, representando 25% do consumo renovável. A produção hidroelétrica ocupa o segundo lugar, tendo apresentado 23%. Apesar de a aposta em energia solar continuar a aumentar, esta apenas representou 7%, refere a REN em comunicado.

Depois de 2022 ter sido um ano de seca, em que a produção hidroelétrica gerou menos energia do que a esperada, em 2023 houve um crescimento de 70%. Já a produção de energia solar cresceu 43% graças ao aumento da capacidade instalada.

Do total do consumo energético, apenas 19% veio de fontes não renováveis, o equivalente a 10TWh. Este é o valor mais baixo desde 1988.

Por outro lado, a energia importada abasteceu 20% do consumo, a quota mais elevada desde 1981.

Falando do gás, o consumo tem vindo a diminuir e em 2023 registou-se o mais baixo desde 2014.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Parte do plástico em Portugal é reciclado com recurso a energia solar
Vais comprar pão? 6 dicas para aproveitares até à última migalha
Quanto tempo demora o Citroën ë-C4 X a percorrer 1000 quilómetros?