Energia

EDP Renováveis com projeto híbrido solar e eólico na Polónia

Depois da Península Ibérica a EDPR avança com parque de energia híbrido no leste da Europa
Texto
Parque solar e eólico - imagem ilustrativa - (foto: Freepik/DR)
Parque solar e eólico - imagem ilustrativa - (foto: Freepik/DR)

A EDP Renováveis (EDPR) está a colocar em operação na Polónia o terceiro projeto híbrido do seu portfolio, que combina energia solar e eólica no mesmo local.

A recém-criada central fotovoltaica de Konary, no noroeste da Polónia, com 45 megawatt (45 MW), irá ligar ao parque eólico de Pawlowo, de 79,5 MW, combinando assim de forma inovadora a produção de energias renováveis num sistema híbrido.

De acordo com informações da EDPR o projeto “é um exemplo inovador na Polónia e na Europa Central e Oriental, por fazer com que várias fontes de energia renováveis com perfis operacionais complementares partilhem a mesma infraestrutura de ligação à rede já existente”.

No início deste ano, a EDP Renováveis colocou em operação em Portugal o primeiro projeto híbrido, no Sabugal, concelho da Guarda, sendo também o primeiro da Península Ibérica. Alguns meses depois, foi a primeira empresa em Espanha a obter autorização para desenvolver um parque híbrido no país.

Em Konary foram instalados quase 70 mil painéis fotovoltaicos numa área de mais de 55 hectares (quarto maior sistema fotovoltaico da Polónia), cuja produção ajudará a abastecer cerca de 20 mil residências anualmente. A EDPR acrescenta que ao longo de pelo menos 25 anos de vida do parque Konary, isso pode evitar a utilização de cerca de 350 mil toneladas de carvão e a emissão de cerca de 840 mil toneladas de dióxido de carbono (CO2).

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Hyundai apresenta primeiro camião a hidrogénio com condução autónoma
Segurança rodoviária: 9 peças de roupa a evitar quando se está ao volante
Projeto português cria vidro que produz eletricidade a partir da luz solar