Energia

ISQ será parceiro de inovação no projeto de produção de hidrogénio verde em Sines

Projeto GreenH2Atlantic junta 13 entidades e conta com apoio da Comissão Europeia para a construção de uma unidade de produção de hidrogénio
Texto
Central de Sines (Foto: EDP)
Central de Sines (Foto: EDP)

O ISQ, entidade privada com serviços de inspeção, formação e consultoria técnica, vai ser o parceiro I&D, de pesquisa e desenvolvimento, do projeto GreenH2Atlantic que visa a construção de uma unidade de hidrogénio verde com um eletrolisador de 100 MW, em Sines.

A participação da ISQ no projeto será nas áreas de inovação e fará, por exemplo, o estudo das formas de valorização do oxigénio e calor resultantes do processo de eletrolisação e o design review na fase de desenvolvimento do eletrolisador.

O projeto GreenH2Atlantic vai ser desenvolvido por um consórcio de 13 entidades, entre elas a EDP, a Efacec e a Galp, assim como parceiros académicos e de investigação, como o INESC-TEC e o CEA. Este foi um dos três projetos selecionados no âmbito do Horizon 2020 – European Green Deal e vai implicar um financiamento de 30 milhões de euros para a fase de construção em 2023. As operações deverão começar em 2025.

O hidrogénio verde é considerado uma alternativa energética sustentável, que ajudará no processo de descarbonização dos principais setores da economia. O GreenH2Atlantic irá contribuir para os objetivos de sustentabilidade portugueses ao converter a antiga central de carvão de Sines numa unidade de produção de hidrogénio verde.

(Foto: ISQ)

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Vais para o Algarve? Vê se a tua praia perdeu o selo de 'Qualidade de Ouro'
Radares da PSP: é aqui que vão estar na semana de 20 a 26 de maio
5 dicas para usares tecnologia de forma ambientalmente responsável