Energia

Mais de metade da eletricidade usada em Portugal em 2021 era de origem renovável

Eletricidade veio maioritariamente de energia eólica, hidroelétrica, biomassa e solar, mas ainda se usou 31% de energia não renovável
Energia eólica
Energia eólica

Em 2021, 59% da eletricidade usada em Portugal teve origem em fontes renováveis. Ainda assim, 31% do consumo energético veio de produção não renovável e os restantes 10% correspondem a importação.

Os dados, que foram partilhados pela REN – Redes energéticas Nacionais, mostram que a energia eólica foi a que teve mais destaque, representando 26% do consumo nacional total. Logo de seguida, surge a energia hidroelétrica (27%), a biomassa (7%) e a fotovoltaica (3,5%).

Apesar da energia solar fotovoltaica ter sido usada em pequena quantidade, de acordo com a REN, houve um crescimento de 37% no consumo face ao registado em 2020.

A produção não renovável continua a representar uma grande fatia do consumo de eletricidade em Portugal, sendo que a grande maioria diz respeito ao carvão.

A REN também divulgou informação sobre o consumo de gás natural. Em 2021, consumiu-se menos 4,6% face a 2020 e menos 6% face a 2019.

Continuar a ler
Home
Elétrico, radical e inovador, conhece este fantástico triciclo
Preço de gasóleo e gasolina volta a descer amanhã
E-bike analisa o nível de poluição no ar enquanto pedalas