Energia

Painéis solares em instalações industriais vão dar energia a comunidades

Energia Unida vai aplicar mais de 3000 painéis solares na Plastidom/Domplex que produzirão energia para autoconsumo e não só
Texto
Comunidade de Energia industrial (Foto: N. Marques/Unsplash)
Comunidade de Energia industrial (Foto: N. Marques/Unsplash)

A Energia Unida, companhia pertencente à Greenvolt – Energias Renováveis, implementou a sua primeira Comunidade de Energia industrial. Assim, vão ser instalados painéis solares nas instalações da Plastidom/Domplex, empresa nacional de plásticos. A energia produzida será para autoconsumo e para partilhar com os membros da comunidade.

No total, vão ser instalados 3086 painéis solares fotovoltaicos nas instalações industriais e de logística da Plastidom/Domplex, na região de Leiria. Terão uma potência de 1805 kWp. Este valor irá traduzir-se na redução significativa das necessidades energéticas das duas unidades, para além de permitir partilhar a restante energia com outros consumidores, empresariais ou particulares.

A Energia Unida estima que através da nova instalação será possível alcançar uma produção anual de energia de até 2598 MWh, reduzindo a dependência da energia da rede em cerca de 20%. A empresa adianta em comunicado que a energia renovável que será gerada a partir da luz solar fará com que a Plastidom/Domplex obtenha uma poupança na fatura energética em torno dos 6,8 milhões de euros.

Será também possível uma redução de 689 toneladas em emissões de CO2.

Por se tratar de uma Comunidade de Energia, parte da energia renovável gerada nas instalações da Plastidom/Domplex será partilhada com outros consumidores até um raio de, em média, quatro quilómetros. A redução estimada do custo de energia para esta comunidade será de 24%.

As Comunidades de Energia Renovável são a melhor forma de fomentar a produção de energia renovável de forma descentralizada, sendo claros os benefícios para todos os setores, mas também para os consumidores”, destacou José Queirós de Almeida, CEO da Energia Unida. “A Plastidom/Domplex, o nosso primeiro parceiro no setor industrial, reconhece o poder transformacional desta energia do futuro para a sua atividade, mas também para toda a comunidade ao seu redor”, completou.

(Fotos: M. Zappa/Flickr e Pixabay)

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Cortiça portuguesa no interior dos elétricos Mobilize
Autocarro português a hidrogénio está a chegar à Europa
Maior central híbrida solar e hidroelétrica de África está a nascer no Gana