Energia

Indaqua duplica painéis fotovoltaicos em infraestruturas de água e saneamento

A concessionária Indaqua tem instalada uma capacidade solar de 911 kW com produção superior a 1,3 milhões de kWh por ano
Painéis solares da Indaqua
Painéis solares da Indaqua

A Indaqua opera na gestão de sistemas de abastecimento de água para consumo humano e de saneamento de águas residuais e este ano a aposta na sustentabilidade e uso de energias renováveis na operação tem sido muito forte.

Desde janeiro, a Indaqua já instalou em Matosinhos, Santa Maria da Feira e Oliveira de Azeméis 828 painéis fotovoltaicos, aumentando a capacidade de produção de energia (18% das necessidades energéticas passam a ser cobertas pela energia solar) para assegurar o funcionamento de equipamentos essenciais à gestão de água e saneamento.

Com esta nova instalação, realizada em três das concessões onde opera, a área total ocupada por painéis solares atinge agora 5.510 m2.

Estes painéis solares têm potência superior a 400 kW e estima a Indaqua que possam produzir anualmente 654.358 kWh, o equivalente ao consumo energético de 155 famílias.

O impacto ambiental é significativo pois a empresa assegura que este novo sistema fotovoltaico terá uma capacidade de reduzir em 184 toneladas o volume de emissões de CO2 por ano. Ou seja, seriam necessárias cerca de 27 mil árvores para absorver igual volume de dióxido de carbono.

A capacidade total instalada da Indaqua é agora de 911 kW, podendo produzir mais de 1,3 milhões de kWh ao ano, o equivalente ao consumo de 310 famílias.

Continuar a ler
Home
Combustíveis: gasóleo vai finalmente descer na próxima segunda-feira
Supervan desportiva de entregas rápidas com 1.470 kW
Carros elétricos usados. Uma boa opção? O que ter em conta?