Energia

Galp Solar com 10 mil instalações de autoconsumo fotovoltaico em 2022

Clientes da Galp Solar pouparam €4,8 milhões de euros na fatura e evitaram a emissão de 7.200 toneladas CO2
Texto
Painéis solares da Galp (foto: divulgação)
Painéis solares da Galp (foto: divulgação)

A Galp Solar atingiu no decorrer do ano passado as 10 mil instalações de painéis solares fotovoltaicos para autoconsumo (UPAC – Unidades de produção de Auto Consumo) em Portugal e Espanha.

De acordo com comunicado de imprensa a empresa energética nacional conseguiu desta forma reforçar a presença no mercado ibérico, tendo proporcionado aos clientes uma poupança de 4,8 milhões de euros na fatura de eletricidade e reduzido em cerca de 7.200 toneladas as emissões de dióxido de carbono (CO2).

Para 2023 a Galp Solar pretende duplicar o número de UPAC instaladas e pretende disponibilizar mais soluções integradas de produção de energia integradas com baterias.

Ainda a respeito de 2022 a Galp Solar destaca que uma em cada cinco novas instalações incluiu a adoção de uma bateria, o que permite, de acordo com informação avançada pela empresa, uma poupança média adicional de €267 euros por ano, por consumidor, proporcionando uma autonomia superior a 60% no consumo final.

A Galp é já o terceiro maior produtor de energia fotovoltaica na Península Ibérica, com uma capacidade instalada em funcionamento de 1,3GW e uma carteira de projetos em desenvolvimento em Portugal, Espanha e Brasil que totaliza 9,6 GW.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Férias à vista: estas praias portuguesas têm as águas mais limpas do país
Legumes e frutas a estragar? Vê como prolongar a sua vida e evitar que acabem no lixo
5 dicas para usares tecnologia de forma ambientalmente responsável