Energia

Parque de energia eólica offshore flutuante com 990 MW nasce na Andaluzia

Projeto Nao Victoria foi batizado em honra da nau utilizada na expedição Magalhães-Elcano
Texto

A IberBlue Wind foi criada para promover a instalação de parques eólicos offshore flutuantes em Portugal e Espanha e acaba de revelar o projeto Nao Victoria que irá assegurar uma produção de 990 megawatts (990 MW) ao largo da região da Andaluzia.

O parque de energia eólica Nao Victoria, assim batizado em homenagem à nau da expedição Magalhães-Elcano, irá ocupar uma área de 310 km2 e ficar offshore no Mar de Alborão, ao largo das costas de Cádiz e Málaga em Espanha e terá 55 turbinas eólicas.

parque eólico flutuante - AWAY
Projeto IberBlue Wind (fotos: IberBlue Wind/PP)

Localizado entre 25 a 40 quilómetros da costa, o novo parque eólico flutuante da IberBlue Wind não terá um impacto paisagístico em terra já que será apoiado por plataformas flutuantes ancoradas no fundo do mar.

Esta tecnologia permite que as turbinas eólicas se situem mais profundamente no mar, o que supera a dificuldade colocada pela estreita plataforma continental da Península Ibérica.

parque eólico flutuante - AWAY
Projeto IberBlue Wind (fotos: IberBlue Wind/PP)

Este novo projeto de aerogeradores flutuantes irá dar emprego a milhares de pessoas na fase de construção e de manutenção, bem como proporcionar energia de fonte renovável a milhares de casas.

A IberBlue Wind é uma joint-venture que irá atuar no mercado ibérico e que conta com a participação da irlandesa Simply Blue Group, as espanholas Proes Consultores (Grupo Amper) e a FF New Energy Venure (FF-NEV).

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Sabias que 1 em cada 4 EV utilizam baterias da Coreia do Sul?
Preço da gasolina e do gasóleo desce na próxima segunda-feira. Vê aqui
Autocarro português a hidrogénio está a chegar à Europa