Mobilidade

Comboios que levitam na linha? Empresa italiana está a testar tecnologia

Proposta usa levitação magnética e tem a vantagem de usar infraestruturas já existentes
Texto

Os comboios do futuro poderão levitar na linha. Pelo menos é essa a proposta da empresa italiana IronLev que está a desenvolver um veículo com levitação magnética que funciona nas linhas férreas existentes, sem ser necessário qualquer ajuste às infraestruturas.

A tecnologia usada, de levitação magnética, cria uma almofada de ar entre os carris e o veículo, separando-os, e diminuindo a fricção, o som e as vibrações, e aumentando a eficiência.

IronLev - AWAY
Protótipo testado (foto: Facebook IronLev)

Esta tecnologia não é nova, mas até agora era considerada tecnicamente complexa e demasiado cara para ser adotada a grande escala. A IronLev está a criar uma proposta que elimine estes problemas.

Este ano, a empresa já teve oportunidade de testar a sua tecnologia de levitação magnética. O teste foi feito com um veículo que pesava mais de uma tonelada que percorreu com sucesso um trecho de dois km, não ultrapassando a velocidade de 70 km/h. Não foi necessário fazer modificações na ferrovia para o teste.

O próximo objetivo da empresa é desenvolver um trolley motorizado com peso de até 20 toneladas e velocidade de até 200 km/h. Este é um passo intermédio para chegar a testes com veículos completos. O objetivo é desenvolver um sistema para transporte de pessoas que seja sustentável e silencioso para poder ser usado em ambientes urbanos.

A IronLev é uma empresa italiana focada em sistemas de levitação magnética, tendo já vários produtos no mercado.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Comboios que levitam na linha? Empresa italiana está a testar tecnologia
Radares da PSP. É aqui que vão estar na semana de 24 a 30 de junho
Visita à fábrica da Nissan: sustentabilidade em destaque na produção do Qashqai