Mobilidade

Novo comboio rápido chinês Maglev alcança 1000 km/h em testes

Um novo Maglev mais do que duplica a velocidade atual do mais rápido comboio chinês
Texto
Testes novo comboio ultrarrápido Maglev (foto: CGTN/Captura YouTube)
Testes novo comboio ultrarrápido Maglev (foto: CGTN/Captura YouTube)

Ainda é um modelo experimental, mas o novo comboio Maglev ultrarrápido de alta-velocidade chinês junta tecnologia aeroespacial com avançada engenharia ferroviária e já é capaz de alcançar em testes a estonteante velocidade máxima de 1000 km/h.

Para podermos ter uma ideia da verdadeira dimensão deste impressionante valor, a Boeing indica nas especificações do seu avião comercial de passageiros 747 uma velocidade subsónica equivalente a cerca de 915 km/h e o atual comboio rápido Maglev, em operação em Shangai, alcança 460 km/h de velocidade máxima, sendo dos mais velozes do mundo.

O novo comboio ultrarrápido Maglev chinês está a ser desenvolvido pela World Artery em joint-venture com a Harbin Industrial Investment GC, sediada justamente em Harbin, cidade do nordeste da província chinesa de Heilongjiang.

comboio rapido chines - away
Túneis de vácuo para novo comboio Maglev chinês (foto: World Artery/DR)

O tipo de tecnologia empregue neste novo super comboio ultrarrápido ainda está no segredo dos deuses (ou melhor dizendo, dos chineses) mas de acordo com Zhejiang China responsáveis pelo projeto referem a utilização de um inovador sistema de levitação magnética e uma circulação parcial em tubos de vácuo.

A CGTN teve acesso a algumas imagens do teste em vídeo.

Ao Global Times responsáveis da World Artery referem que este projeto tem como missão potenciar o turismo na província de Heilongjiang e o próximo passo será assegurar a resistência dos túneis necessários para acomodar esta verdadeira bala de transporte humano.

Alguma imprensa chinesa avança ainda com rumores não confirmados de que o projeto poderá ter participação da Corporação de Indústria e Ciência Aeroespacial Chinesa (CASIC no original), organismo estatal do programa espacial chinês e que poderá contribuir com engenharia aeroespacial aplicada ao projeto.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Borras de café vão ser usadas para dar vida a solos lisboetas
Preço dos combustíveis na próxima semana de 22 a 28 de julho
Projeto português cria vidro que produz eletricidade a partir da luz solar