Energia

Antigas caixas de cabos de rua vão ser carregadores para elétricos

Projeto piloto pretende criar 60 mil postos de carregamento a partir de antigas caixas de cabos
Texto
Carregador elétrico no Reino Unido (foto: BT Group)
Carregador elétrico no Reino Unido (foto: BT Group)

O Reino Unido está a combater a falta de pontos de carregamentos para veículos elétricos dando uma nova vida a antigas caixas de cabos de telecomunicações. O projeto-piloto do BT Goup, uma das maiores empresas de telecomunicações do Reino Unido, tem como objetivo a longo prazo criar 60 mil novos pontos de carregamento.

Atualmente, há apenas 53 mil pontos públicos de carregamento no Reino Unido, uma questão que leva muita gente a afastar-se dos veículos elétricos, refere o BT Group em comunicado.

Assim, este projeto-piloto que é feito pela Etc., a start-up e incubadora digital do grupo, pretende explorar a possibilidade de reutilização de caixas de rua que começam a chegar ao fim de vida. Desta forma, seria possível criar 60 mil novos pontos de carregamento nas ruas do Reino Unido.

Numa altura em que as companhias de telecomunicações fazem a transição para fibra, os pontos de cabo de rede deixam de ser utilizados. Assim, o projeto pretende aproveitar a conexão elétrica para desenvolver o ponto de carregamento para veículos elétricos. As infraestruturas existentes são reutilizadas no apoio da transição para veículos elétricos.

Escócia - AWAY
Projeto arranca na Escócia (foto: Laurentiu Morariu, Unsplash)

A primeira instalação vai ocorrer em East Lothian, na Escócia, e já estão planeadas outras transformações em pontos de carregamento no Reino Unido nos próximos meses.

O Governo do Reino Unido pretende passar de 53 mil pontos de carregamento para 300 mil até 2030.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Parte do plástico em Portugal é reciclado com recurso a energia solar
Vais comprar pão? 6 dicas para aproveitares até à última migalha
Quanto tempo demora o Citroën ë-C4 X a percorrer 1000 quilómetros?