Mobilidade

Já é possível carregar o passe Andante e bilhetes ocasionais no Porto com telemóvel

Nova funcionalidade está disponível na aplicação Anda
Texto
Metro do Porto (Foto: Rob Dammers/Flickr)
Metro do Porto (Foto: Rob Dammers/Flickr)

A partir de agora, é mais fácil carregar o passe Andante e os bilhetes de viagens individuais no Porto. Foi criada uma nova funcionalidade na aplicação para Android e iOS dos transportes do Porto que permite carregar tanto passes como bilhetes ocasionais com o telemóvel.

A informação foi avançada pelos Transportes Intermodais do Porto (TIP) que explicaram que a aplicação Anda passa a ter uma nova funcionalidade chamada TOP UP que permite a leitura e o carregamento dos cartões de transporte Andante, quer sejam em plástico – normalmente usados nos passes -, quer sejam em papel – aqueles que saem das máquinas de vendas automáticas ou que podem ser adquiridos nos postos de venda para viagens ocasionais.

Em causa está o carregamento dos cartões físicos Andante com recurso à tecnologia NFC dos 'smartphones' com sistema operativo Android ou iOS, sendo, na prática, uma cópia de uma máquina de venda automática no telemóvel de cada pessoa, disponível a qualquer momento e em qualquer lugar.

"Esta aplicação vai permitir fazer essa leitura, saber-se a cada momento o que é que o cartão tem carregado, e permitir também fazer os carregamentos. No caso do passe, fazer o carregamento de um passe mensal, e no caso das viagens ocasionais fazer o carregamento de todo o leque de viagens que existem no tarifário Andante", incluindo passes combinados, explicou Manuel Paulo Teixeira, o responsável dos TIP, o agrupamento que gere o sistema.

Para fazer os carregamentos, o utilizador apenas tem de ligar a funcionalidade NFC e encostar o seu telemóvel ao Andante para fazer a leitura, escolher a sua opção, realizar o pagamento e viajar.

No caso da aplicação (‘app’) Anda para sistemas Android, a funcionalidade TOP UP está disponível a partir de quinta-feira, 18 de abril, através de uma atualização do sistema, e no caso do iOS, a ‘app’ Anda que foi disponibilizada esta quinta-feira inclui, para já, apenas a nova funcionalidade TOP UP.

Quanto à implementação de todas as funcionalidades da ‘app’ Anda - como o cálculo automático das zonas percorridas ou o tarifário pós-pago - o sistema operativo da Apple ainda terá de esperar.

Está também a ser desenvolvida a criação de um Andante digital e virtual, num sistema semelhante ao que já acontece com os cartões bancários e que dispensa o bilhete físico, utilizando o carregamento pré-pago, tal como nos bilhetes físicos atuais.

O responsável assegurou ainda que a desmaterialização progressiva da bilhética não significa o fim dos bilhetes físicos nem das lojas Andante, pois estas "prestam um serviço público muito importante", sendo objetivo dos TIP expandi-las e proporcionar "um atendimento com mais qualidade e mais personalizado".

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Legumes e frutas a estragar? Vê como prolongar a sua vida e evitar que acabem no lixo
Vais para o Algarve? Vê se a tua praia perdeu o selo de 'Qualidade de Ouro'
5 dicas para usares tecnologia de forma ambientalmente responsável