Sustentabilidade

Final Liga dos Campeões: Quanto representa a energia, água e lixo num jogo?

Liverpool e Real Madrid jogam hoje em Paris a final da UEFA Champions League 2022
Stade de France 2022 (Foto: F. Augustin/Associated Press)
Stade de France 2022 (Foto: F. Augustin/Associated Press)

Hoje às 20h00 o Stade de France, em Paris, irá receber a Final da Liga dos Campeões 2022, em um jogo que irá colocar frente a frente as equipas de futebol do Liverpool (Inglaterra) e do Real Madrid (Espanha).

Já paraste para pensar quanta energia é consumida durante os 90 minutos? E a água? E o lixo que é produzido? Vamos descobrir.

Bola no relvado (Foto: DR/Pixabay)

Localizado a norte de Paris, em Saint-Denis, o Stade de France foi inaugurado em 1998 para o Mundial de França desse ano. De acordo com o jornal francês L’Equipe, em notícias dessa data, o custo total da obra superou os 400 milhões de euros e a capacidade total de lugares sentados é de 80 mil adeptos.

Quanta energia consome um estádio?

Iluminação de bancadas, casas de banho, corredores diversos, a própria transmissão, ecrãs gigantes, painéis publicitários tudo isto são autênticos devoradores de energia. E se multiplicarmos pelos milhões de casas que ligam os seus televisores torna-se impossível quantificar o impacto energético.

Durante o último mundial de futebol o site 90min.de foi fazer as contas e revelou que um estádio desta dimensão, fazendo apenas as contas à iluminação durante os 90 minutos, pode consumir qualquer coisa como 100 mil kWh de eletricidade. Isto equivale à energia consumida por cerca de 20 habitações familiares durante um ano inteiro.

Stade de France, Paris 2022 (Foto: M. Fernandez/AP)

O Stade de France, por exemplo, tem dois ecrãs gigantes com mais de 200 m2, o equivalente praticamente a um campo de ténis. Só estes ecrãs possuem 4,5 milhões de LED… Agora soma tudo isto aos anúncios publicitários em redor do relvado. No seu conjunto podem ainda representar um aumento de consumo da ordem dos 40% no período de jogo.

E há ainda a contabilizar o gás para aquecer os chuveiros do estádio ou abastecer cozinhas de apoio a dezenas de camarotes…

Adeptos (Foto: C. Noelle/Unsplash)

Já imaginaste a água que é usada para regar o relvado?

Para teres uma ideia o Stade de France tem um excelente relvado de 8 mil m2 de área total.

Para o regar e manter em condições todo o ano, estima-se que são necessários mais de 36 milhões de litros de água por ano. É o equivalente a 720 mil banhos de duche com a duração de 10 minutos!

Rega da relva em estádio (Foto: M. Hopman/Unsplash)

Quanto lixo é produzido?

Só em alimentação já daria que pensar na quantidade astronómica de plástico (de copos e garrafas), papel (guardanapos de sandes e outros) e recipientes diversos de batata frita, pipocas, paus de gelado, etc. Num mundo ideal poderiam ser produzidos em material reciclável, mas a verdade é que todo este lixo acaba muitas vezes, grande parte em lixo geral.

Adeptos (Foto: Kampus P./Pexels)

Numa ação em 2018 os responsáveis do Estádio de Lyon, no sul de França, fizeram a recolha de 11 toneladas de lixo que não foi colocado nos caixotes de reciclagem.

É verdade que hoje em dia a consciência das pessoas está a mudar, mas infelizmente em 90 minutos, para além do consumo de eletricidade e água, muito lixo se irá gerar.

Continuar a ler
Home
Combustíveis: gasóleo vai finalmente descer na próxima segunda-feira
Supervan desportiva de entregas rápidas com 1.470 kW
Carros elétricos usados. Uma boa opção? O que ter em conta?