Energia

Finerge investe €131 milhões em quatro centrais eólicas em Espanha

18 turbinas eólicas irão ter uma capacidade instalada de 71 MW
Texto
Parque eólico - imagem ilustrativa (foto: Freepik)
Parque eólico - imagem ilustrativa (foto: Freepik)

A Finerge assinou um acordo com a Alfanar para o financiamento da construção e operação de quatro centrais eólicas localizadas na região de Navarra, em Espanha, que, com um investimento de 131 milhões de euros, terão uma capacidade instalada de 71 MW graças à instalação de 18 turbinas eólicas.

A empresa já estava presente em Espanha, mas a assinatura deste acordo ocorrido no mês de junho irá permitir um salto no seu ambicioso plano de expansão e no compromisso com o país, onde já tem operações em cinco províncias (Tarragona, Ávila, Salamanca, Sevilha e Huelva), com 7 centrais eólicas e 6 parques solares, com cerca de 250 MW de capacidade instalada.

Após esta transação, a capacidade instalada operada e financiada pela empresa em Espanha irá superar os 300 MW.

“Esta operação é decisiva para o nosso plano de expansão em Espanha. Permite não só aumentar a nossa capacidade instalada no país, mas marca também o arranque decisivo da nossa atividade de desenvolvimento. (...) Com este passo estamos convictos de que atingiremos a marca dos 2 GW de capacidade instalada na Península Ibérica até ao final do ano, em linha com o nosso plano estratégico”, afirmou Pedro Norton, CEO da Finerge.

O desenvolvimento e a construção das novas centrais de energia eólica estará a cargo da Alfanar, empresa líder no desenvolvimento de projetos de energia renovável com presença na Europa, Índia e Médio Oriente. O arranque da operação destas centrais eólicas está previsto para o final de 2023, assim que a REE (Red Eléctrica de España) conclua a construção da infraestrutura que ligará as centrais à rede elétrica espanhola.

Finerge atinge 1,8 GW de capacidade instalada

Recentemente, a Finerge concluiu também a compra dos ativos eólicos da Onex Renewables localizados em Portugal, aumentando a sua capacidade instalada em 221,2 MW. Esta transação inclui cinco centrais eólicas com uma antiguidade média de cerca de 2,4 anos.

Com o fecho desta operação, a Finerge acelera a sua expansão no mercado ibérico e eleva a sua capacidade instalada na Península Ibérica para mais de 1,8 GW.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Hyundai apresenta primeiro camião a hidrogénio com condução autónoma
Segurança rodoviária: 9 peças de roupa a evitar quando se está ao volante
Projeto português cria vidro que produz eletricidade a partir da luz solar