Mobilidade

Braga vai ter 60 bicicletas elétricas partilhadas da rede Bird

Acesso a mobilidade urbana e sustentável é uma das intenções da autarquia de Braga para fomentar a utilização de meios alternativos ao automóvel
Texto
Bicicletas Bird chegam a Braga
Bicicletas Bird chegam a Braga

Depois das trotinetes é agora a vez das bicicletas elétricas partilhadas chegarem à cidade de Braga para reforçar as alternativas de mobilidade e permitir uma escolha por modos mais suaves e ativos.

Em comunicado, o município nortenho refere que, nesta primeira fase, são disponibilizadas 60 bicicletas e após avaliação esse número poderá duplicar.

Segundo Olga Pereira, vereadora da mobilidade na CMB, o lançamento das bicicletas elétricas partilhadas “demonstra o compromisso do município de Braga em apostar na mobilidade suave, oferecendo assim aos bracarenses e visitantes um novo modo de transporte alternativo ao automóvel".

O sistema de utilização é idêntico ao das trotinetes, já em vigor na cidade, bastando instalar e depois abrir a aplicação da operadora Bird, seguir os passos indicados e no final da viagem deixar a bicicleta elétrica novamente nos pontos de estacionamento designados para o efeito.

De acordo com as informações prestadas à imprensa as bicicletas estão equipadas com um motor “de alta potência” (não especificado), capaz de ajudar os utilizadores em subidas com até 20% de inclinação, “sem fazerem esforço extra”.

Para além disso, apresentam um computador de bordo, tecnologia de geovelocidade, geolocalização e pneus especiais, características que garantem tratar-se de bicicletas seguras, inteligentes e eficientes”, acrescenta o comunicado.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
TAP encomenda dezenas de BMW enquanto recebe dinheiro do estado
Benfica vs PSG condiciona trânsito em Lisboa. Vê aqui tudo
Comboio de alta velocidade a hidrogénio arranca em Espanha em 2023