Mobilidade

Bolt passa a impedir utilização de trotinetes por duas pessoas

Aplicação alerta quando são identificados mais do que um utilizador na trotinete e impede de continuar a viagem
Bolt - EScooter
Bolt - EScooter

Depois de ter apresentado uma funcionalidade que previne o uso de trotinetes sob o efeito de álcool, a Bolt criou agora um sistema que previne a utilização de duas pessoas em simultâneo, garantindo dessa forma melhores condições de segurança. A funcionalidade já foi patenteada pelo Instituto Europeu de Patentes.

A utilização da mesma trotinete por duas pessoas ao mesmo tempo é apontada pela empresa como uma das maiores causas de acidentes e, apesar de não ser permitido fazê-lo de acordo com as regras de utilização, a verdade é que continua a ser um comportamento comum por entre os utilizadores. Por isso, a empresa quis desenvolver uma forma de impedir esta forma de utilização.

A nova funcionalidade, criada pelos engenheiros da Bolt, tem por base um acelerómetro que vem nos modelos mais recentes de trotinetes e que foi inicialmente criado para medir a taxa de aceleração. Através deste hardware, é possível agora detetar se estão duas pessoas a controlar a trotinete e assim a aplicação faz um alerta e impede que se continue a viagem.

Bolt apresenta teste de álcool para controlar utilização imprudente

Também procurando garantir a segurança dos utilizadores, a Bolt está a desenvolver um sistema de prevenção de derrapagem que é capaz de identificar uma travagem rápida provocado pelo bloqueio da roda traseira e que alerta para comportamentos imprudentes.

As trotinetes Bolt estão disponíveis em Lisboa, Braga, Coimbra, Barcelos, Setúbal e Cascais e para utilizá-las, basta fazer o registo na aplicação disponível para iOS e Android.

(Fotos: divulgação)

Continuar a ler
Home
Elétrico, radical e inovador, conhece este fantástico triciclo
Preço de gasóleo e gasolina volta a descer amanhã
E-bike analisa o nível de poluição no ar enquanto pedalas