Mobilidade

Empresa americana apresenta primeiro comboio de mercadorias com bateria elétrica

A empresa Wabter Corp assegura que a locomotiva a bateria elétrica é o primeiro passo para a redução da emissão de gases de efeito estufa no setor de transportes americano
Locomotiva com bateria elétrica FLX Drive
Locomotiva com bateria elétrica FLX Drive
PUB

O primeiro comboio de mercadorias movido com auxílio de uma bateria elétrica do mundo foi apresentado no dia 10 de setembro, em Pittsburgh, nos Estados Unidos.

A locomotiva de quase 23 metros de comprimento é o resultado de uma parceria entre a empresa de carga ferroviária Wabter Corporation e a Universidade Carnegie Mellon para a criação de uma tecnologia que permitisse transportar os quase dois mil milhões de toneladas de carga que todos os dias circulam nas linhas ferroviárias americanas.

PUB

Batizada de FLXdrive, a locomotiva é composta por uma cabine para condução e uma bateria de 500 iões de lítio que usa a energia cinética das travagens para recarregar.

PUB

O comboio transporta até 195 mil kg de bens, atinge os 120 km/h e percorre uma distância de até 560 km.

O comboio de carga foi testado na Califórnia no início do ano, tendo percorrido quase 21 mil quilómetros em três meses.

A locomotiva elétrica foi auxiliada por duas locomotivas a diesel que criaram um comboio híbrido. Os testes permitiram concluir que, neste período de tempo, o FLXdrive, juntamente com as duas locomotivas a diesel, conseguiu reduzir em 11 % o consumo normal de combustível, o que equivale a uma redução de cerca de 23 mil litros de diesel.

PUB

De acordo com o noticiado pelo The Guardian, o CEO da Wabtec, Raphael Santana, acredita que o mundo tem nas suas mãos um “sistema de transporte mais eficiente, limpo e arrojado”.

Admitindo que este é apenas o início, a Wabtec já anunciou que a segunda geração da locomotiva chegará em 2023 e que deverá reduzir em quase um terço o consumo de diesel. A longo prazo, a empresa pretende construir um comboio de zero emissões que tenha como combustível o hidrogénio.

O esquema de funcionamento de acordo com a informação disponibilizada em inglês:

Nos Estados Unidos, o transporte terrestre de mercadorias é feito maioritariamente por camião e não por comboio. Ao apresentar o FLXdrive, pretende-se que a indústria comece a usar mais as linhas férreas, havendo assim um menor impacto ambiental.

O FLXdrive é o primeiro comboio de carga elétrico a chegar ao mercado, no entanto, no transporte de passageiros, já existem várias alternativas elétricas com menor pegada ecológica ou até zero emissões.

Na Holanda, por exemplo, todos os comboios são movidos a energia eólica desde 2017, não emitindo dióxido de carbono para a atmosfera.

PUB
Continuar a ler
Home
Cidades
Conhece aqui o vencedor do Prémio Gulbenkian para a Humanidade
Mobilidade
Vídeo: Famel regressa com mota elétrica
Sustentabilidade
Google Maps irá indicar rotas amigas do ambiente para evitar emissões de CO2