Atualidade

412 condutores detidos pela GNR por excesso de álcool, no Carnaval

Operação de fiscalização controlou mais de 38.500 condutores durante o período de Carnaval
Texto
GNR em operação (foto: Captura Facebook/GNR)
GNR em operação (foto: Captura Facebook/GNR)

A Guarda Nacional Republicana (GNR), levou a cabo uma operação especial durante o período de Carnaval (dias 17 a 22 de fevereiro) de sensibilização, patrulhamento e fiscalização a mais de 38.500 condutores. Excesso de álcool esteve no topo das preocupações com 412 detenções.

A ação decorreu junto a locais de festividades, estabelecimentos comerciais de venda de artigos pirotécnicos e nos eixos rodoviários de acesso às principais zonas onde ocorreram festividades associadas ao Carnaval.

De acordo com dados divulgados pela GNR, durante a operação foram fiscalizados 38.533 condutores. Destes foram detetados 767 condutores com excesso de álcool, dos quais 412 foram detidos por possuírem uma taxa de álcool no sangue igual ou superior a 1,2 g/l.

O excesso de velocidade foi também alvo de especial atenção tendo sido levantados 1 828 autos de contraordenação devido a essa infração.

Operação Carnaval da GNR - Infrações:

  • 1828 contraordenações por excesso de velocidade
  • 767 condutores com excesso de álcool (412 detidos por taxa crime)
  • 695 por falta de inspeção periódica;
  • 381 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
  • 305 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório;
  • 255 por utilização indevida do telemóvel durante a condução.

No que diz respeito à sinistralidade rodoviária, a GNR, na sua área de responsabilidade, registou 1 922 acidentes, dos quais resultaram em 4 vítimas mortais, 45 feridos graves e 570 feridos leves.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Podes ser multado por levares o teu cão sem cinto de segurança no carro? Conhece as regras
Radares da PSP: vê onde vão estar na próxima semana, de 15 a 21 de abril
Mais uma marca chinesa em Portugal. XPeng chega já este ano