Energia

UE quer reduzir em 80% utilização de energias fósseis até 2040

Meta para redução de emissões de gases com efeito de estufa poderá ser de 90% em 2040
Texto
Refinaria alemã (Foto: Sven Kaestner/Associated Press)
Refinaria alemã (Foto: Sven Kaestner/Associated Press)

A União Europeia (UE) está a trabalhar para apresentar uma nova meta para o corte de emissões de gases com efeito de estufa para 2040. Para tal, poderá avançar com uma redução de 80% na utilização de combustíveis fósseis até esse mesmo ano.

De acordo com um documento a que a Reuters teve acesso e que ainda está em fase de desenvolvimento, a UE pretende que em 2040 se tenha reduzido em 90% as emissões de gases com efeito de estufa comparativamente aos níveis de 1990.

Esta meta junta-se às já definidas para 2030 – reduzir as emissões em 55% - e para 2050 – atingir as zero emissões.

Poluição - AWAY
Poluição em Roma, Itália (foto: Alessandra Tarantino/AP)

A nova recomendação da Comissão Europeia deverá ser apresentada já em fevereiro.

O rascunho salienta que avançando para a redução no consumo de combustíveis fósseis, é esperado que a UE poupe 2,8 biliões de euros em importações de combustíveis entre 2031 e 2050.

Outra conclusão é que para atingir um corte de 90% nas emissões até 2040, será essencial que o setor energético consiga ter praticamente zero emissões, usando mais de 90% de energia vinda de fontes renováveis.

O documento prevê que o gás continuasse a ser utilizado nos setores industriais, de construção e de energia.

Para se atingir as metas previstas para 2040, será necessário um investimento de perto de 1,2 biliões de euros por ano durante esta década para descarbonizar os transportes e energia.

Segundo a Reuters, é também explicado no documento que o custo de não se fazer nada é um clima ainda mais destrutivo que pode implicar custos adicionais de 2,4 biliões de euros até 2050.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
O meu nome é Nissan Ariya. O apelido é Estilo. O resto é contigo
Energia solar da EDP Renováveis vai ser usada pela Google por 15 anos
Dormir com plantas no quarto faz mal à saúde?