Energia

Essilor Portugal reduz emissões com painéis solares da Greenvolt

Unidade de produção para autoconsumo implementada na fábrica da empresa de ótica vai reduzir emissão de CO2 e consumo da rede
Texto
Essilor Portugal - fábrica Rio de Mouro (foto: divulgação)
Essilor Portugal - fábrica Rio de Mouro (foto: divulgação)

São exatamente 1022 os painéis solares que integram a nova unidade de produção para autoconsumo que a Greenvolt implementou na fábrica da Essilor Portugal em Rio de Mouro, concelho de Sintra. Unidade da empresa do ramo da ótica vai reduzir substancialmente o consumo de eletricidade da rede.

O projeto liderado pela Greenvolt Next compreende a instalação e operacionalização de painéis solares com uma potência total de 557 kWp que, no seu conjunto, vão produzir 806 MWh de energia elétrica anualmente.

Óculos com lentes Essilor - AWAY
Óculos com lentes Essilor (foto: captura @Essilor)

O número permite cobrir as necessidades energéticas da unidade de produção da Essilor Portugal, bem como obter uma redução expressiva nas emissões de CO2, o que contribui para os esforços de redução da pegada carbónica por parte do Grupo EssilorLuxottica, empresa franco-italiana especializada em lentes oftálmicas à qual pertence.

Com a implementação do projeto da Greenvolt Next, empresa especializada no desenvolvimento e conceção de projetos de energia através de fontes renováveis do Grupo Greenvolt, as instalações da multinacional em Portugal poderão reduzir de forma substancial o consumo energético a partir da rede.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Radares da PSP. É aqui que vão estar na semana de 17 a 23 de junho
Hyundai apresenta primeiro camião a hidrogénio com condução autónoma
Segurança rodoviária: 9 peças de roupa a evitar quando se está ao volante