Energia

Corte na produção de petróleo provoca aumento nos combustíveis

Arábia Saudita confirma prolongamento de corte de produção de petróleo até final de 2023
Texto
Refinaria de petróleo Saudi Aramco (Foto: Aramco Media Press Center)
Refinaria de petróleo Saudi Aramco (Foto: Aramco Media Press Center)

O maior exportador mundial de crude, a Arábia Saudita, acaba de confirmar que irá prolongar até ao final do ano o corte na produção de petróleo, afetando assim todo o mercado e cotações mundiais e fazendo temer novos aumentos do preço dos combustíveis.

O corte de um milhão de barris de petróleo por dia, que o país árabe iniciou em julho, irá assim prosseguir, sendo a produção atual da ordem dos nove milhões de barris/dia.

A notícia foi veiculada pela agência noticiosa oficial saudita (Saudi Press Agency – SPA) e confirmada já pela Reuters e vários órgãos de informação internacionais. Apesar deste anúncio a cotação do petróleo Brent desceu abaixo dos 90 dólares (fonte: OilPrice), mas é expectável que a pressão da procura (com previsão de consumo acima de 2,4% para este semestre) altere o cenário nas próximas semanas.

Este corte adicional (junta-se a um já anunciado até final de 2024) conta com um “apoio” também da Rússia que assumiu reduzir as exportações e da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEC - no original) e em teoria pretende apoiar a estabilidade e o equilíbrio dos mercados petrolíferos.

No entanto, vários analistas do setor estimam que esta medida deverá na verdade fazer aumentar ainda mais o preço do petróleo, com prejuízo do preço dos combustíveis. Esta análise tem ainda em conta o bom desempenho do dólar e o que isso pode representar para países (como toda a União Europeia com Portugal incluído) que não utilizam a moeda.

A Arábia Saudita, que representa cerca de 17% das reservas mundiais de petróleo, reduziu a produção em várias ocasiões no âmbito da política OPEP+, que o reino árabe lidera com a Rússia, operando quase como um cartel em termos de decisões.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Sabes quais são os equipamentos elétricos com maior impacto ambiental?
Cemitérios a produzir energia solar? Projeto está a nascer em Espanha
Hyundai apresenta primeiro camião a hidrogénio com condução autónoma