Cidades

Afinal o limite de velocidade máxima em Lisboa poderá ficar sem alterações

Carlos Moedas, presidente do executivo de Lisboa assegura que não mudará o trânsito em Lisboa sem garantias
Carlos Moedas, Presidente CM Lisboa (Foto: Horácio Villalobos/Gettyimages)
Carlos Moedas, Presidente CM Lisboa (Foto: Horácio Villalobos/Gettyimages)

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas (PSD), assegurou ontem que não irá implementar quaisquer mudanças nos limites de velocidade ou em eventuais encerramentos de vias da cidade, enquanto não tiver garantias de que não têm um “efeito económico negativo”.

Em causa está uma proposta apresentada pelo Livre e aprovada na semana passada pela oposição numa reunião privada da Câmara Municipal de Lisboa e que prevê a proibição de circulação automóvel na Avenida da Liberdade aos domingos e feriados e a redução em 10 quilómetros/hora (km/h) da velocidade máxima permitida atualmente em toda a cidade.

“Eu não vou implementar esta medida enquanto não tiver a prova de que ela é uma medida boa para a cidade e que não tem um efeito económico negativo, sobretudo num tempo de retoma económica”, afirmou o autarca.

As criticas à proposta do Livre

Aprovada por toda a oposição camarária estas novas medidas têm sido fortemente criticadas por vários setores.

O Autómovel Clube de Portugal já entregou uma providência cautelar contra as mudanças do trânsito. Carlos Barbosa o presidente do ACP alertou que respeita todos os estudos que forem feitos, que possam suportar a medida, mas sem estudos que acompanhem a decisão não concorda com a ideia.

Depois da proposta conhecida também o empresário Álvaro Covões lembrou que existem vários teatros na zona que serão afetados e lamenta que uma vez mais se aprovem medidas, como o encerrar de ruas ao trânsito, sem ouvir os empresários, comerciantes e residentes das zonas afetadas.

Também a Associação de Hotelaria de Portugal (AHP) manifestou-se contra as novas medidas, com o presidente da mesma a alegar que iria existir um prejuízo de negócio para todos os operadores da ordem dos 66 dias anuais (os domingos e feriados).

Continuar a ler
Home
Combustíveis: gasóleo vai finalmente descer na próxima segunda-feira
Supervan desportiva de entregas rápidas com 1.470 kW
Carros elétricos usados. Uma boa opção? O que ter em conta?