Smartcity

Mobilidade urbana: Vai nascer um parque de estacionamento inteligente em Detroit

Novo espaço vai permitir testar novas soluções nas áreas da mobilidade, serviços de rent-a-car e carregamento de veículos elétricos
Texto

A Ford uniu esforços com o estado americano do Michigan, a tecnológica alemã Bosch e a Bedrock, imobiliária sediada em Detroit, para a criação de um parque de estacionamento inovador, que servirá de palco de testes para novas soluções nas áreas da mobilidade, serviços de rent-a-car e carregamento de veículos elétricos.

O parque estará instalado no bairro de Corwtown em Detroit, nos Estados Unidos da América.

O Detroit Smart Parking Lab, assim se chama o parque que irá abrir já no próximo mês de setembro, não estará aberto ao público. O objetivo é permitir às empresas que já estão a desenvolver novos produtos ou serviços no domínio da mobilidade, ter um espaço físico no qual possam testar essas tecnologias. Será o primeiro do género em todos os Estados Unidos.

"A colaboração é essencial para o futuro da mobilidade", afirmou Paul Thomas, vice-presidente executivo da Bosch para o continente americano. "Com o Detroit Smart Parking Lab, temos uma secção transversal de colaboradores – desde líderes governamentais a empresas de mobilidade e tecnologia - que nos capacitarão a trazer inovação ao mercado através da colaboração".

Uma das temáticas para a qual o Detroit Smart Parking Lab será mais útil é a do estacionamento. Como tal, as partes envolvidas irão trabalhar em conjunto no desenvolvimento do sistema de estacionamento autónomo criado em 2020 pela Bosch, em conjunto com a Ford e a Bedrock, e de outros novos sistemas ainda em fase de desenvolvimento.

Para incentivar a participação de outras organizações, foi criado por entidades governamentais o “Programa de Financiamento para a Mobilidade de Michigan”, através do qual aquelas podem garantir financiamento para desenvolver e testar soluções de mobilidade centradas no estacionamento, tanto no interior como ao redor da garagem.

Um dos maiores "players" no setor de aluguer de veículos nos Estados Unidos, a Enterprise, é outra das organizações envolvidas no projeto Detroit Smart Parking Lab. Para esta, o novo espaço será especialmente útil para testar a forma como a tecnologia de estacionamento autónomo pode aplicar-se ao processo de entrega rápida (QTA, do inglês “quick turnaround”), no qual os veículos alugados são devolvidos, intervencionados ao nível da limpeza e do reabastecimento (incluindo o carregamento elétrico) e preparados para o próximo aluguer. O objetivo é perceber como as novas tecnologias de automação poderão melhorar a eficiência operacional de todo o processo.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Radares da PSP: vê onde vão estar de 15 a 21 de julho
Cidades mais verdes e menos compactas têm taxa de mortalidade mais baixa
Vai nascer mais um troço de ciclovia em Lisboa