Mobilidade

China impõe regras aos construtores automóveis sobre recolha de dados

Empresas dos setores automóvel e tecnologias estão na mira do governo chinês, que pretende pôr fim aos “abusos” na recolha de dados
Texto
Novas regras na China
Novas regras na China

O governo chinês vai apertar o cerco às empresas que recolhem dados dos consumidores, nomeadamente do setor automóvel, com o objetivo de pôr termo ao que considera tratar-se “uma recolha desordenada e um abuso ilegal" de dados.

Já no início do próximo mês de outubro vão entrar em vigor novas regras, cujo objetivo é impor limites à forma como a informação é obtida e tratada.

De acordo com a informação veiculada por alguns gabinetes ministeriais chineses, quaisquer dados não devem ser recolhidos sem o consentimento do condutor e devem ser processados a bordo do veículo. Relativamente ao hardware montado nos automóveis como câmaras e radares, deve ser preciso/ exato apenas o suficiente para cumprir as suas funções, para além de que todos os dados agrupados devem ser o mais anónimos possível.

Com as novas medidas, o governo chinês pretende regulamentar uma matéria que, na sua opinião, tem gozado de alguma anarquia.

O objetivo é também ir ao encontro das preocupações manifestadas pelos consumidores sobre a diminuição gradual da sua privacidade, quando se assiste ao desenvolvimento de mais e novos sistemas e dispositivos que permitem a recolha de dados (até biométricos) por parte de empresas do setor das tecnologias.

Estas são, aliás, também um alvo do governo chinês, nomeadamente as de grande dimensão, como é o caso da Alibaba Group Holding, da Tencent Holdings e da Didi Global.

A nova regulamentação de recolha de dados menciona ainda que todos os dados cruciais devem ser armazenados no país e que quaisquer dados importantes, que necessitem de ser exportados por razões comerciais, devem ser submetidos a aprovação estatal. Os fabricantes de automóveis e empresas tecnológicas ficarão obrigadas a apresentar um relatório anual sobre a gestão de dados e estarão sujeitas a investigações aleatórias por parte das autoridades governamentais.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Preço dos combustíveis na próxima semana de 15 a 21 de julho
Vai nascer mais um troço de ciclovia em Lisboa
Radares de velocidade da PSP. Onde vão estar no mês de julho