Sustentabilidade

Xiaomi mais sustentável promete reduzir 98% das emissões até 2040

Gigante chinesa Xiaomi quer reduzir a sua pegada ambiental e promete reduzir as suas emissões
Texto
Xiaomi (foto: Kin Cheung/AP)
Xiaomi (foto: Kin Cheung/AP)

A Xiaomi é uma das maiores marcas de tecnologia do momento e está a tentar reduzir a sua pegada ecológica. A gigante chinesa comprometeu-se em reduzir 98% das emissões de gases com efeito de estufa até 2040 nos seus principais segmentos operacionais.

Para atingir a meta, a Xiaomi apresentou o plano Filosofia Zero Carbono onde salienta que a redução das emissões será possível através da investigação e desenvolvimento de tecnologias limpas, da expansão de técnicas de gestão de resíduos eletrónicos e da implementação de operações e logística verde.

A gigante da eletrónica promete reduzir a pegada de carbono dos seus produtos e serviços, ao mesmo tempo que quer aumentar o uso de tecnologias de baixo carbono para criar impactos positivos no clima e promover uma sociedade mais ecológica.

Xiaomi - AWAY
Xiaomi quer tornar-se mais sustentável (foto: Vincent Yu/AP)

Em comunicado, a Xiaomi salientou que a sua primeira meta de redução de emissões foi estabelecida em 2021 e previa uma redução de 4,5% até 2026 em comparação com os valores de 2020. Quatro anos antes, a empresa conseguiu alcançar uma diminuição de 21,15% de emissões, mais de quatro vezes superior ao previsto.

Nos últimos anos, a empresa tem feito mudanças para conseguir diminuir a sua pegada, tendo, por exemplo, reciclado cerca de 4500 toneladas de resíduos eletrónicos, renovado cerca de 94 mil smartphones, 5600 trotinetes elétricas e 6200 smart TVs e lançado uma caixa de cartão com menos plástico, tudo em 2022.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Radares da PSP: vê onde vão estar na próxima semana de 22 a 28 de abril
Mundo vive branqueamento em massa de corais pela segunda vez em 10 anos
Vê como fica o preço dos combustíveis na próxima semana