Energia

Galp aposta em renováveis para tornar-se empresa de emissões zero até 2050

Empresa irá investir cerca de 180 milhões de euros na plataforma Upcoming Energies, que irá apoiar projetos de inovação para suportar a transição energética
Galp
Galp

A Galp quer deixar de comercializar combustíveis fósseis, como a gasolina e o gasóleo, e mudar o seu foco para uma empresa que vende apenas combustíveis de fontes renováveis, até 2050.

O objetivo é acelerar a transição energética tendo em vista as metas europeias das mudanças climáticas, alterando assim por completo todas as suas operações nos países onde a energética nacional opera, incluindo em território nacional.

Veja também: Galp investe em energia solar no Brasil
Andy Brown, CEO Galp (Foto: Galp Media)

A empresa revelou ainda que todos os transportes utilizados na distribuição e serviço, como camiões, navios e aviões poderão passar a mover-se com hidrogénio.

Para suportar esta nova estratégia, a Galp anunciou durante a Web Summit um investimento de 180 milhões de euros em projetos de inovação.

Este investimento será suportado na criação da Upcoming Energies, uma plataforma revelada durante a Web Summit em Lisboa, que irá permitir criar iniciativas de colaboração com startups, centros universitários ou de investigação, bem como outros parceiros tecnológicos a fim de explorar as várias formas de transição energética.

O objetivo é atingir a neutralidade carbónica até 2050.

 

Continuar a ler
Home
Conferência dos Oceanos 2022 em Lisboa até 1 de julho
Subida de água no planeta. Vê aqui este projeto de sensibilização em Copenhaga
Estão a aparecer microplásticos em gelo na Antártida