Mobilidade

Watt EVC desenvolve plataforma inovadora para desportivos elétricos

Primeiro modelo é uma recriação do icónico Porsche 356, mas com motorização elétrica
PUB

A Watt Electric Vehicle Company (Watt EVC) desenvolveu uma plataforma para automóveis elétricos que poderá simplificar o seu processo de fabrico desde a raiz. Para demonstrar a mais valia desta inovadora solução a empresa revelou duas vertentes de utilização desta plataforma: uma reinterpretação de um icónico modelo desportivo e uma base para veículos comerciais ligeiros modulares.

A primeira, denominada simplesmente WEVC Coupé assenta em uma réplica de um Porsche 356-A de 1955 que pretende representar a paixão pela condução e pelos automóveis mais desportivos. A outra proposta apresenta uma solução modular para veículos comerciais que se consegue adaptar a qualquer necessidade, com grande versatilidade.

PUB
Neil Yates, CEO Watt EVC, junto à plataforma PACES (Foto: Divulgação)
PUB

O WEVC Coupé é um carro desportivo, leve e envolvente, no extremo oposto do espectro da tendência atual de supercarros elétricos extremamente potentes e de excelentes prestações, mas que continuam a ser muito pesados”. - Neil Yates, CEO Watt EVC

PUB

Com o WEVC Coupé, o objetivo é envolver o condutor numa experiência de condução simples, que inclui um modelo que pesa menos de uma tonelada, tem uma bateria de 40 kWh integrada no chassis, tração traseira e o motor instalado em cima do eixo posterior. Ainda assim, a repartição de peso é perfeita entre a frente e a traseira (50:50) e a plataforma tipo skate batizada de PACES (Passenger And Commercial EV Skateboard) é totalmente produzida em alumínio e cumpre com todas as normas ISO e com os regulamentos europeus de segurança para veículos desta dimensão.

Nos últimos dez meses este modelo tem sido desenvolvido e afinado para oferecer a melhor experiência de condução possível, sendo que a grande vantagem está mesmo no seu peso reduzido. Com uma potência estimada de 119 kw (aproximadamente 160 cavalos), a empresa afirma que será capaz de cumprir os 0 aos 100 km/h em menos de cinco segundos. 

A autonomia prevista ronda os 370 quilómetros e os preços - para já apenas disponível no Reino Unido - começam ligeiramente acima das 80 mil libras (94 mil euros), com as primeiras entregas previstas para o início do próximo ano.

PUB

Deste Coupé desportivo a empresa pretende produzir 21 unidades. Este, representa apenas o início de uma ideia muito mais global. É que esta plataforma PACES é a mesma com que a Watt EVC pretende dinamizar o mundo dos automóveis comerciais, com uma produção que poderá chegar às cinco mil unidades anuais, totalmente moldadas aos desejos de cada cliente, graças à versatilidade permitida pelo conceito base.

Usando a mesma plataforma PACES, com a bateria, motor e restantes componentes integrados, resta ao cliente definir como deseja que o resto do conjunto seja fabricado, de acordo com as necessidades de cada empresa, mas sempre tendo em conta a uniformização e controlo de custos neste novo mundo de eletrificação.

Entre as várias soluções previstas estão modelos destinados ao transporte de mercadorias e até pequenos autocarros. O primeiro protótipo desta ideia deverá estar pronto no primeiro trimestre de 2022, sendo que resta terminar a construção da fábrica onde todos estes projetos serão construídos para que a produção possa arrancar em meados de 2023.

PUB
Continuar a ler
Home
Cidades
Conhece aqui o vencedor do Prémio Gulbenkian para a Humanidade
Mobilidade
Vídeo: Famel regressa com mota elétrica
Sustentabilidade
Google Maps irá indicar rotas amigas do ambiente para evitar emissões de CO2