Mobilidade

Obras do Metro de Lisboa condicionam zona de Santos por dois anos

Prolongamento das linhas Amarela e Verde do Metropolitano de Lisboa vão condicionar zona de Santos
Texto
Estação de metro da Reboleira (foto: Jaime Silva/Flickr)
Estação de metro da Reboleira (foto: Jaime Silva/Flickr)

O prolongamento das linhas Amarela e Verde do Metropolitano de Lisboa vão condicionar a circulação rodoviária na Avenida D. Carlos I a partir de hoje, 26 de abril, e até final de dezembro de 2024.

Em comunicado, a empresa de transporte público explicou que os constrangimentos no trânsito naquela zona da cidade vão ser provocados pela construção da estação Santos.

Durante mais de um ano e meio, vai haver interrupção do trânsito rodoviário na zona do Largo Vitorino Damásio, nos quarteirões entre a Rua da Boavista e a Rua D. Luís I, nas imediações da Avenida D. Carlos.

Santos - AWAY
Avenida 24 de julho também vai ter cortes (foto: Freguesia da Estrela/Unsplash)

Será também interrompida a circulação ao tráfego em geral na zona ribeirinha e na Avenida 24 de Julho, entre a Avenida Infante Santo e a Avenida Mouzinho de Albuquerque, em ambos os sentidos. Será apenas possível a circulação do trânsito local.

As informações sobre os condicionamentos e alternativas de percurso podem ser consultadas no site do Metropolitano de Lisboa. Também vai haver interrupções nas linhas Verde e Amarela

A linha circular vai ligar a estação do Rato (linha Amarela) ao Cais do Sodré (linha Verde), numa extensão de mais dois quilómetros de rede e duas novas estações – Estrela e Santos, unindo as linhas Amarela e Verde num novo anel circular no centro de Lisboa. Deverá ser inaugurada em 2024.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
7 conselhos para conduzires em segurança em dias de chuva
Novo Dacia Spring traz novo design e mais equipamentos
Circulação de comboios na Linha de Cascais com cortes este fim de semana