Mobilidade

Greve na Transtejo e Soflusa até segunda-feira dia 13 de junho

Trabalhadores da Transtejo e Soflusa reclamam melhores condições salariais e admissão de mais funcionários
Transtejo e Soflusa
Transtejo e Soflusa

Não será fácil atravessar o rio Tejo nos próximos dias. Os trabalhadores da Transtejo e da Soflusa, empresas que operam a travessia fluvial entre Lisboa e a margem Sul, iniciam hoje uma greve que se irá manter até segunda-feira, dia 13 de junho.

Fonte sindical revelou que os trabalhadores lutam pela valorização salarial e contratação de mais 13 funcionários maquinistas.

Na Transtejo os cortes nas ligações entre Lisboa e a margem sul terão impacto hoje, sábado dia 11 e amanhã, domingo dia 12 de junho. Já na Soflusa a paragem ocorre amanhã, domingo e na segunda-feira, dia 13 de junho.

Segundo a Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans), citada pela Lusa, esta é a resposta dos trabalhadores à proposta da administração, sob orientações do Governo, de 0,9% de aumentos salariais quando se verifica um aumento do custo de vida e quando a inflação se situa nos 7,2%.

A Transtejo e a Soflusa têm a mesma administração e ambas asseguram as ligações fluviais entre a margem sul e Lisboa, sendo a Transtejo responsável pela ligação do Seixal, Montijo, Cacilhas e Trafaria/Porto Brandão, no distrito de Setúbal, a Lisboa, enquanto a Soflusa faz a travessia entre o Barreiro, também no distrito de Setúbal, e o Terreiro do Paço, em Lisboa.

Continuar a ler
Home
Combustíveis: gasóleo vai finalmente descer na próxima segunda-feira
Supervan desportiva de entregas rápidas com 1.470 kW
Carros elétricos usados. Uma boa opção? O que ter em conta?