Fantástico

Empregos na Nissan: Engenheiro especialista em perfume e essência a bordo

Nos centros técnicos da Nissan há equipas dedicadas a garantir que os materiais usados nos novos carros asseguram a perfeita harmonia de aromas, perfumes e essências
Texto
Nissan essências a bordo
Nissan essências a bordo

Já alguma vez imaginaste que um construtor automóvel teria nos seus quadros alguém especializado em garantir que o chamado “cheiro a carro novo” é o ideal, quando se trata de produzir um novo modelo? Ou seja, um especialista em assegurar a perfeita harmonia de aromas, perfumes e essências?

Pode parecer um conceito algo estranho, mas a verdade é que há mesmo especialistas nessa área, como é o caso de Peter Karl Eastland, engenheiro chefe de avaliação de odores, no Centro Técnico da Nissan Europa.

A Nissan reconhece que o odor representa um papel muito importante na experiência de aquisição e utilização de um automóvel novo.

Por isso, os seus engenheiros dedicaram especial atenção a este ponto na fase de desenvolvimento do novo Qashqai, que recentemente chegou ao mercado. A equipa dedicada é liderada por Peter Karl Eastland, mestre em ciência forense pela Universidade de Leicester, em Inglaterra, e dono de um olfato extremamente apurado.

Sob a sua batuta, e em articulação com as restantes equipas de engenheiros envolvidas na produção, são testados todos os materiais, tais como o elemento macio utilizado para formar a textura 3D nos novos bancos do SUV japonês.

O objetivo dos testes é replicar ambientes do mundo real, tendo em conta que as propriedades químicas dos materiais, nas quais se inclui o odor, podem sofrer variações. Como por exemplo, provocadas por mudanças de temperatura.

Sendo o “cheiro a carro novo” perfeito uma espécie de Santo Graal para Peter Karl Eastland e a sua equipa, sempre que identificam um novo material ou químico como possível causador de odores desagradáveis para o interior do habitáculo, tratam de procurar outras alternativas.

O nosso objetivo é proporcionar a melhor experiência sensorial para o cliente”, explica Eastland.

Enquanto que os gostos e as preferências evoluem com o tempo, o cheiro permanece uma constante. Faz parte do nosso trabalho assegurar que qualquer material será sempre perfeito em termos de odor e que os sentidos estão em harmonia.”

Para além de Peter Karl Eastland na Nissan Europa, a marca japonesa conta com peritos em odores também nos centros técnicos em Atsugi, Japão e em Farmington Hills, Estados Unidos.

O fim último é garantir que os seus automóveis seguem o padrão estabelecido a nível global, relativo à avaliação de aromas.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Estes painéis solares de cor terracota são discretos e quase desaparecem no telhado
Primavera sem andorinhas? Número destas aves está em declínio
Sabes como guardar sobras de conservas, abacate ou tofu?