Atualidade

TAP encomenda dezenas de BMW enquanto recebe dinheiro do Estado

A TAP encomendou uma nova frota de BMW para as suas chefias, para substituir a antiga de Peugeot. Transportadora garante que até poupa dinheiro. Empresa está a cumprir um programa de resgate que soma 3,2 mil milhões de euros de contribuintes.
Texto
Christine Ourmières-Widener, presidente executiva da TAP  (Miguel A. Lopes/ Lusa)
Christine Ourmières-Widener, presidente executiva da TAP (Miguel A. Lopes/ Lusa)

A TAP encomendou dezenas de BMW para as suas principais chefias, melhorando o perfil da sua atual frota automóvel, constituída sobretudo por Peugeot. Os novos veículos têm um valor de mercado a partir dos 52 e dos 65 mil euros, são plug-in híbridos e começarão a chegar no início do próximo ano.

Segundo documentação interna a que a TVI/CNN Portugal e o portal Away – órgãos do grupo Media Capital – tiveram acesso, em causa está uma encomenda inicial de 79 veículos, das séries 5, X3 e X2 da marca alemã. A TAP, confrontada, garante que são apenas 50 veículos. O número real não é indiferente: se forem 79, a TAP não só melhora a sua frota como a aumenta.

Estes veículos destinam-se a administradores executivos e diretores de topo da companhia aérea. E são contratados com a empresa através de contratos de “renting”, isto é, pagamentos mensais de arrendamento de cada viatura. A TAP garante que gastará menos dinheiro na nova frota face à antiga, mas não é clara sobre porque não considerou marcas mais baratas.

Os automóveis

A nova frota da TAP é constituída exclusivamente por modelos plug-in híbridos, ecologicamente mais favoráveis e com menores emissões de CO2, e a possibilidade de circularem em modo apenas elétrico.

No topo da frota está um desportivo BMW 530e e o SUV BMW X3 xDrive 30e, ambos com motorização de 292 cavalos, um consumo anunciado entre 1,8 e 2,6 litros aos 100 km e uma autonomia estimada em modo elétrico de 61 ou 50 quilómetros, respetivamente. O preço de venda ao público deste modelos começa nos 65 120 euros para o 530e e nos 65 870 euros para o X3.

A maioria desta nova frota é composta por BMW X2 xDrive 25e com motorização de 220 cavalos e capaz de um consumo de 1,8 litros aos 100 km. O PVP inicia-se nos 52 409 euros.

Contactada, a TAP não respondeu sobre qual é o custo mensal da nova frota. Segundo simulações de mercado (sem negociação de desconto, que a TAP terá conseguido) a prestação destes veículos pode ficar entre os 608,94 euros + IVA (para um BMW X2 xDrive 25e, com 15 mil quilómetros ano e em 72 meses) até aos 857,72 euros + IVA (para o BMW X3 xDrive 30e Pack M para os mesmos 15 mil quilómetros de utilização ano durante 48 meses).

Conheça os novos BMW X2 xDrive 25e neste vídeo.

Empresa garante que poupa dinheiro

“A atual frota de renting é maioritariamente de 2017 e atinge em 2023 o máximo de prorrogações possíveis em contrato”, esclarece a TAP, que justifica a aquisição de “viaturas híbridas plug-in, em vez do atual diesel, por motivos ambientais mas, também, pelos benefícios fiscais associados a estas viaturas, menos poluentes”.

“Esta opção representa uma poupança superior a 20% do valor mensal da renda e tributação, relativamente a novos contratos de renting para viaturas com características semelhantes às atuais (gasóleo), estando em linha com o plano de reestruturação uma vez que representa o menor custo possível em sede de concurso no mercado”.

Questionada pela CNN/TVI/Away sobre porque é que TAP não considerou novos veículos de custos menores, tendo em conta que está sob um programa de resgate público, a empresa respondeu que “as opções disponíveis para diretores passaram ainda a incluir uma marca premium, já que apresenta melhores rendas face a outras marcas, graças aos melhores valores residuais no final do contrato.” Além disso, “esta opção apresenta também melhores prazos previstos para entrega das viaturas, considerando a crise de produção que o mercado automóvel atravessa”.

A TAP reitera que “são 50 unidades e não as 79 mencionadas” e garante que “foi feito concurso ao mercado, de acordo com o manual de compras da TAP, tendo sido convidadas a participar seis entidades no mercado português.” A empresa não discriminou quais foram essas empresas.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Sabias que 1 em cada 4 EV utilizam baterias da Coreia do Sul?
Preço da gasolina e do gasóleo desce na próxima segunda-feira. Vê aqui
Autocarro português a hidrogénio está a chegar à Europa