Sustentabilidade

Hotel The Oitavos já conta com 2200 painéis solares fotovoltaicos

Produção de energia solar, reaproveitamento de água e combate ao desperdício alimentar são algumas das estratégias da Quinta da Marinha
Texto

O Hotel The Oitavos situado na Quinta da Marinha completou recentemente a instalação de 2200 painéis solares fotovoltaicos distribuídos por vários locais e que são um exemplo das preocupações com a sustentabilidade que o grupo imprime à sua centenária atividade.

A estratégia de sustentabilidade de todo o complexo é enquadrada pelo Eng. Gonçalo Ventura, administrador da Quinta da Marinha que, em entrevista exclusiva à AWAY, revelou algumas das medidas que revelam a preocupação ambiental.

O Hotel The Oitavos, atualmente com 142 quartos dispostos em Y (todos com vista para o mar), está inserido num alvará de loteamento de 1992 destinado a um hotel de cinco estrelas, com projeto desenvolvido em 2005 pelo arquiteto José Anahory e inauguração em setembro de 2010.

Hotel The Oitavos - AWAY
Configuração em Y permite que todos os quartos tenham vista para o mar (Foto: The Oitavos)

Minimalista, com áreas generosas, tem uma posição sob a duna, mas assegura um respeito pela mesma ainda antes da sua inauguração, como demonstra a plantação existente de pinheiros-bravos, que pretendem salvaguardar e assegurar uma continuidade com a natureza e proteção dunar.

O projeto da Quinta da Marinha, onde se insere o Hotel The Oitavos teve desde início vários elementos que demonstram a preocupação com a sustentabilidade. É exemplo disso a criação de arruamentos com contentores de lixo para separação e reciclagem desde o início do loteamento.

Hotel The Oitavos - AWAY
Painéis solares (Foto: The Oitavos)

2200 painéis fotovoltaicos no The Oitavos

Os primeiros painéis solares fotovoltaicos, em unidade de produção para auto-consumo (UPAC) surgiram em 2019 no Health Club. 800 painéis asseguram 35% da energia consumida e o excesso é injetado na rede para fornecimento de energia limpa, através de um contrato com SU Eletricidade.

Mais tarde foram instalados painéis no edifício do ClubHouse (80 painéis asseguram 16% das necessidades) e em 2022 a face mais visível de todo o projeto: mais de 600 painéis fotovoltaicos nas dunas mesmo junto à entrada principal do hotel.

A nível global são cerca de 2200 painéis que representam 30% da energia consumida de todo o complexo – refere Eng. Ventura

No edifício do Clubhouse já se iniciou também a produção de energia solar térmica com seis painéis para águas quentes e estão em processo de implementar no hotel e no Healthclub mais 30 painéis com três depósitos de 1000 litros. Para além disso, no hotel está prevista a instalação de 24 painéis também com três depósitos de 1000 litros.

Este é um investimento de 130 a 140 mil euros e no global representa um investimento quase de 1 milhão de euros.

Eng. Gonçalo Ventura - AWAY
Eng. Gonçalo Ventura, Administrador Quinta da Marinha/The Oitavos (Foto: AWAY/D.R.)

Exploração e recirculação de água

A Quinta da Marinha é produtor de água e explora minas praticamente desde o início do projeto de urbanização. Isto permite alimentar o campo de golf, com sistemas internos de distribuição e fornecer água à empresa municipal de Cascais.

A piscina é de água salgada, utilizando para isso captação de água salgada. Para o aquecimento das piscinas quase não se gasta energia, porque fazem o reaproveitamento dos chillers (refrigeração). Estes produzem água gelada e geram calor que vai preferencialmente para aquecer as piscinas. E ainda há um depósito de pré-aquecimento de recuperação dos chillers.

Mas há mais. No Health club os bicos de agua tem redutores que debitam 8 litros/minuto e possuem torneiras temporizadas. A temporização esta feita de forma a que as torneiras não fiquem ligadas o que permite uma importante poupança de água.

Em termos de reaproveitamento há a destacar o encaminhamento das águas pluviais do centro hípico para retorno à natureza.

Hotel Oitavos - AWAY
Os primeiros painéis solares foram instalados no topo do hotel (Foto: divulgação)

Carregamento para carros elétricos

O hotel The Oitavos começou por ter à experiência apenas dois carregadores no estacionamento e neste momento qualquer cliente pode carregar à vontade. Mas, conforme explica o eng. Gonçalo Ventura, começaram a existir vários pedidos para eventos onde o carregamento de vários carros elétricos em simultâneo não era possível.

A solução encontrada passou então por criar e instalar uma infraestrutura dedicada que permite o carregamento em simultâneo de até 30 veículos elétricos.

Quadros elétricos distribuídos na garagem permitem assim que as empresas que organizam eventos tragam os carregadores mais adequados e possam realizar o carregamento em infraestrutura própria que tem como capacidade 28 carros a carregar até um máximo de 22 kW e dois até máximo de 150 kW.

Hotel Oitavos - AWAY
Painéis solares no telhado (Foto: divulgação)

O que acontece aos desperdícios alimentares?

O Hotel The Oitavos começa por reaproveitar a produção feita para os clientes, integrando na alimentação do staff na cantina. A comida, ainda assim, produzida em excesso é reencaminhada para a REFOOD que lhe dá um novo destino.

E tudo o resto que seja desperdício alimentar é recolhido e segue para reciclagem existindo a garantia que não segue para aterro, ou seja, reciclado entre 80 a 100%

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Barco à vela produzido com algas e plástico reciclado inspira o futuro
Comer carne ou ser vegan? Qual a dieta com menos emissões de carbono?
Limitar o aquecimento global a 1,5ºC parece tarefa impossível diz novo estudo