Sustentabilidade

Inovação tecnológica da Michelin cria pneus de competição mais sustentáveis

Esta inovação vai ao encontro do ambicioso objetivo da empresa de usar apenas materiais sustentáveis até 2050
Pneus sustentáveis Michelin (foto: captura)
Pneus sustentáveis Michelin (foto: captura)

Pela primeira vez, a Michelin conseguiu criar pneus de competição com até 40 por cento de materiais sustentáveis para a MotoE, a categoria elétrica do Campeonato Mundial de Automobilismo. Cascas de laranja, resina de abeto e pneus já usados fazem parte da composição dos novos pneus de competição capazes de atingir uma velocidade de 270 km/h.

Conhece o compromisso de sustentabilidade da Michelin

Para atingir a melhor performance, os pneus da frente têm 33 por cento de materiais sustentáveis e os traseiros 40 por cento.

Piero Taramasso (foto: captura)

“O nosso objetivo é aumentar a percentagem de materiais sustentáveis a cada temporada”, informou Piero Taramasso, o diretor de duas rodas da Michelin Motorsport.

Este é mais um dos projetos de sustentabilidade em que a Michelin está inserida. Em 2013, a marca francesa juntou-se ao FIA Formula E, o campeonato de elétricos de um lugar, e em 2019 ao MotoE. Em 2020, tornou-se parceiro de referência do projeto Mission H24 que tem como objetivo acelerar a mobilidade sem emissões com o desenvolvimento de um carro de corrida a hidrogénio.

A marca francesa pretende tornar-se completamente sustentável até 2050, altura em que quer usar apenas materiais sustentáveis nos seus pneus. Até 2030, querem utilizar, pelo menos, 40 por cento de materiais sustentáveis.

Continuar a ler
Home
Elétrico, radical e inovador, conhece este fantástico triciclo
Preço de gasóleo e gasolina volta a descer amanhã
E-bike analisa o nível de poluição no ar enquanto pedalas