Sustentabilidade

Sustentabilidade: superfície vidrada e painés solares na C. Santos na Maia

Edifício de três pisos aproveita a luz solar para iluminação e para gerar energia elétrica
Texto

A Sociedade Comercial C. Santos inaugurou as suas novas instalações, um edifício de três pisos que prima pela eficiência energética, construído de raiz na Maia, junto ao Aeroporto do Porto.

Uma grande superfície vidrada potencia o aproveitamento da luz solar nas novas instalações do concessionário oficial Mercedes-Benz, enquanto os 685 painéis fotovoltaicos instalados na cobertura, a cobrir uma área de cerca de 1400 m2, permitem capar a energia solar que é transformada em eletricidade.

A energia gerada através do sistema fotovoltaico, que implicou um investimento superior a 170 mil euros, é usada pelo próprio edifício, o que tem como enorme vantagem o facto de reduzir a dependência da rede pública. Toda a energia produzida em excesso pode ser injetada na rede e, assim, fazer reduzir os custos energéticos.

Novo edifício Sociedade Comercial C. Santos - AWAY
Novo edifício Sociedade Comercial C. Santos

No período de verão, os painéis solares poderão assegurar todas as necessidades energéticas da Sociedade Comercial C. Santos, o que significa que a energia consumida pela empresa chega a ser 100% de origem renovável. Do ponto de vista ambiental, importa referir que a opção por energia solar irá permitir à empresa da Maia evitar a emissão de 186.282 kg de CO2 anualmente.

Resultado de um investimento de seis milhões de euros, o novo edifício tem uma área total de 6244 m2, divida por três pisos. No piso 0 a área de exposição ocupa mais de 2000 m2, o triplo do disponível no anterior stand, enquanto o piso -1 é dedicado a estacionamento coberto, serviços de apoio à preparação de veículos e dois centros de entrega de viaturas. No piso 1 encontram-se os gabinetes e salas para departamentos administrativos e equipa de gestão.

(Fotos: divulgação)

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Plano da União Europeia vai ajudar a salvar as abelhas
Base logística do Intermarché já tem painéis solares fotovoltaicos
Antártida tem um novo iceberg 15 vezes maior do que Lisboa