Sustentabilidade

Estádio do Galatasaray entra no Guinness com recorde de energia solar

Mais de 10 mil painéis solares instalados no estádio dão um recorde ao histórico emblema turco
Texto
Estádio Galatasaray (Foto: Yasin Aras/Anadolu Agency via Getty Images)
Estádio Galatasaray (Foto: Yasin Aras/Anadolu Agency via Getty Images)

O Galatasaray pode não estar na Liga dos Campeões, mas no que diz respeito à energia solar gerada a partir de um estádio de futebol, o clube turco, onde joga o português Sérgio Oliveira, é campeão planetário com um recorde de produção fotovoltaica.

O Guinness World Records atribuiu ao estádio Nef Stadyumu, em Istambul, o recorde da maior potência solar produzida por um complexo desportivo – 4,2 MW.

O número recorde foi conseguido através da instalação de 10.404 painéis solares na cobertura do estádio que é casa do Galatasaray, o clube de futebol de maior sucesso na Turquia, fundado em 1905. A obra concluída em março deste ano foi realizada pela empresa turca Enerjisa Enerji, que também ficou responsável pela gestão da energia gerada.

Estádio do Galatasaray (Foto: captura Facebook @galatasaray)

Com a energia produzida a partir dos painéis solares na cobertura do seu estádio, o Galatasaray consegue suprir 63 por cento das necessidades de eletricidade do complexo, com o restante a ser fornecido pela rede pública.

De acordo com o diretor do Nef Stadyumu, Ali Çelikkıran, citado pela Euronews, a poupança de energia obtida com a utilização dos painéis equivale à energia de que necessitam 2000 casas, ao mesmo tempo permite reduzir 3250 toneladas de carbono por ano.

No que à componente financeira diz respeito, a instalação dos painéis solares revelou-se uma vitória esmagadora para o Galatasaray. Até agosto último, o clube da capital turca já economizou cerca de 385 mil euros, o que surpreendeu os seus próprios responsáveis, que estavam convencidos de que seria preciso muito mais tempo para obter poupanças reais.

Atualmente o Galatasaray está a comprar a eletricidade gerada pelos painéis solares à Enerjisa, cumprindo um contrato de nove anos. A partir daí o clube vencedor de uma Liga Europa e de 22 campeonatos turcos passa a ter total controlo sobre a energia solar produzida na cobertura do seu estádio.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Novo elétrico Citroën ë-C4 X chega a Portugal e já há preços
Maior central híbrida solar e hidroelétrica de África está a nascer no Gana
Vê como um frango pode alimentar milhares de pessoas