Sustentabilidade

Portugal inova com projeto de reprodução de corais no Oceanário de Lisboa

Corais estão em risco de desaparecimento e trabalho científico encontra solução para a preservação destas espécies
Texto

O Oceanário de Lisboa recriou com sucesso o ciclo reprodutivo anual dos corais, o que resultou na libertação de células de três espécies de corais tropicais, com origem australiana. Este é considerado um projeto inovador e pioneiro de reprodução sexuada de corais em aquário.

O objetivo deste projeto é aumentar o conhecimento e a capacidade de reproduzir sexuadamente várias espécies de corais, contribuindo para a conservação dos recifes de coral, os quais se encontram fortemente ameaçados. Muitas espécies estão em risco de desaparecimento e um dos fatores que mais contribui para isso são as alterações climáticas.

Recifes de corais  AWAY
Recifes de corais

Em comunicado, o Oceanário de Lisboa destaca que a sobrevivência dos corais está dependente do trabalho desenvolvido em ambiente controlado por diversas instituições internacionais, que se comprometeram em contribuir para a preservação destes habitats.

A equipa do Oceanário de Lisboa conseguiu, até ao momento, induzir diferentes fases do processo reprodutivo, o que deu origem a um novo coral. Após o êxito alcançado, o passo seguinte consiste em aumentar o número de espécies possíveis de reproduzir em aquário e contribuir para a conservação dos corais.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Europa bate recorde de produção de energia eólica e solar
Preço dos combustíveis com forte descida na próxima semana
Radares da PSP para o mês de fevereiro: onde vão estar em todo o país