Sustentabilidade

Projeto nacional procura eliminar odores desagradáveis nos carros

Objetivo passa também por produzir componentes mais sustentáveis para a indústria automóvel
Texto
Rapariga a mexer no AC no interior do carro (foto: Senivpetro/Freepik)
Rapariga a mexer no AC no interior do carro (foto: Senivpetro/Freepik)

A empresa de origem portuguesa TMG Automotive e investigadores do Departamento de Engenharia Química (DEQ) da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), estão a desenvolver novos produtos com baixas emissões de compostos orgânicos voláteis para aplicação na indústria automóvel.

O projeto tem como objetivo desenvolver processos inovadores com base na utilização de matérias-primas mais sustentáveis, por forma a obter materiais plastificados com baixas emissões de compostos orgânicos voláteis, também conhecidos como VOCs.

Interior de automóvel - AWAY
Menos odores, melhor ambiente a bordo (foto: Freepik/DR)

Melhorar a qualidade do ar e minimizar os odores desagradáveis no interior do automóvel é aquilo a que se propõe a equipa da FCTUC e da TMG Automotive envolvida no projeto.

Em comunicado, a instituição esclarece que “o foco é reduzir o total das emissões de VOCs em cerca de 25%, bem como reduzir ao mínimo a emissão dos que são considerados pela indústria e pelos consumidores como sendo os principais responsáveis por alguns dos odores mais indesejáveis e desagradáveis”.

Segundo a equipa da FCTUC, os resultados do projeto até agora obtidos, “consolidados, tanto à escala laboratorial como à escala semi-piloto” são promissores – conseguiram-se reduções globais de emissões de VOCs entre 10% e 40%.

Com este projeto a TMG Automotive procura alcançar a neutralidade olfativa nos interiores dos automóveis e a produção de componentes mais sustentáveis.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
5 dicas para usares tecnologia de forma ambientalmente responsável
Estes painéis solares de cor terracota são discretos e quase desaparecem no telhado
Primavera sem andorinhas? Número destas aves está em declínio