Sustentabilidade

Especialistas americanos em Portugal cooperam na recuperação da área ardida

Equipa vai realizar trabalho de campo e partilhar as metodologias seguidas nos Estados Unidos na área da estabilização de emergência
Texto
Trabalhos de estabilização de emergência em áreas ardidas (Foto: Matthis/ Pexels)
Trabalhos de estabilização de emergência em áreas ardidas (Foto: Matthis/ Pexels)

Estará em Portugal até ao próximo dia 28 de outubro uma equipa especializada em recuperação de áreas ardidas vinda dos Estados Unidos. É composta por sete técnicos, nas áreas dos solos, hidrologia e engenharia e vai trabalhar em cooperação com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

O trabalho de campo a desenvolver pela equipa BAER (Burn Area Emergency Recovery) e o ICNF irá forcar-se no Parque Natural da Serra da Estrela e na região de Vila Real, zonas fortemente afetadas por fogos florestais no último verão.

Incêndios em Portugal - AWAY
Incêndios em Portugal - AWAY (foto: Unsplash)

O conjunto americano vai colaborar nos processos operacionais de estabilização de emergência em curso nas áreas ardidas daquelas regiões. Durante a sua estadia em Portugal estará a prestar apoio direto às equipas do ICNF, entidade a quem compete a coordenação das intervenções daquele tipo no âmbito do Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais.

Para além do trabalho de campo, os especialistas da equipa BAER irão partilhar com técnicos e investigadores portugueses de várias instituições, as metodologias seguidas nos Estados Unidos na área da estabilização de emergência.

Financiada pela United States Agency for International Development (USAID) e apoiada pela embaixada dos EUA em Portugal, a presença da equipa americana no nosso país enquadra-se no Programa de Intercâmbio de Peritos Internacionais promovido pela Agência de Gestão Integrada de Fogos Rurais (AGIF).

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Cortiça portuguesa no interior dos elétricos Mobilize
Autocarro português a hidrogénio está a chegar à Europa
Maior central híbrida solar e hidroelétrica de África está a nascer no Gana