Sustentabilidade

Nova Deli tenta conter poluição proibindo carvão e apostando na biomassa

Indústria em Nova Deli estão a apostar na biomassa, mas a transição não está a ser feita livre de complicações
Texto
Poluição em Nova Deli (Foto: S. Ganguly/AP)
Poluição em Nova Deli (Foto: S. Ganguly/AP)

Os níveis de poluição na capital indiana, especialmente no inverno, não são de todo uma novidade. Para tentar controlar a situação, o governo proibiu que se queimasse carvão em Nova Deli a partir deste mês, o que levou a indústria a virar-se para a biomassa.

O uso desta matéria já começou a ganhar mais expressão e cerca de metade das 1695 empresas de pequenas indústrias em Nova Deli já fizeram a transição. Ainda assim, o impacto na qualidade do ar ainda é difícil de quantificar.

Biomassa - AWAY
Indústria na Índia vira-se para a biomassa (foto: Moses/Pixabay)

Citado pela Reuters, oficiais e reguladores da indústria salientam que a mudança para a biomassa tem impacto não só ao nível das emissões, como também pode ser positivo para os agricultores, já que podem vender resíduos das suas quintas em vez de os queimar.

Se por um lado na capital da Índia não se sabe ao certo o que é que esta transição poderá trazer, um estudo de 2020 refere que em Panipat, uma cidade a cerca de 100 km de Nova Deli, se todas as indústrias fizessem a troca, as emissões de óxido de enxofre desceriam entre 70 e 80% e de monóxido de azoto, entre 40 e 60%.

Há falta de biomassa na Índia

Desde 2017, quando foi proibida, na Índia, a utilização de coque de petróleo, um combustível altamente poluente, que o carvão passou a ser o rei. Agora a mudança parece estar de novo a acontecer, mas para a biomassa.

Ainda assim a transição não chega sem os seus problemas. Apesar de menos poluente, o preço que antes era inferior ao do carvão tem vindo a aumentar. Além disso, a oferta é três a quatro vezes inferior à procura.

Carvão - AWAY
Carvão foi o rei desde 2017 (foto: Ajit Solanki/AP)

Isto faz com que as indústrias comecem a ter dificuldades em manterem-se competitivas face a outras  que operem em zonas do país onde o carvão ainda é permitido.

Um estudo britânico refere que para melhorar a situação, será essencial criar uma plataforma de comércio de biomassa, apostar em melhor armazenamento e em taxas de juros mais baixas para quem invista na produção deste combustível.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Aproveita o calor de forma segura: 6 dicas para te protegeres do sol
Borras de café vão ser usadas para dar vida a solos lisboetas
Projeto português cria vidro que produz eletricidade a partir da luz solar