Sustentabilidade

Empresa de embalagens retirou 313 milhões de peças de plástico das prateleiras

DS Smith desenvolve soluções para a indústria alimentar à base de fibras de papel, para substituir o uso do plástico
DS Smith quer eliminar plásticos (Foto B. Oduntan/ Unsplash)
DS Smith quer eliminar plásticos (Foto B. Oduntan/ Unsplash)

A DS Smith, uma multinacional especializada na conceção e produção de embalagens, intensificou o seu combate ao uso do plástico na indústria alimentar nos últimos dois anos. Entre maio de 2020 e abril de 2022, a empresa assegura ter sido responsável pela retirada do mercado de mais de 313 milhões de peças de plástico.

As equipas de designers da DS Smith têm vindo a trabalhar em conjunto com os seus clientes na criação de novas embalagens que possam oferecer uma alternativa ao plástico, material que frequentemente não é encaminhado para reciclagem e acaba por ser causador de poluição terrestre ou marítima.

A procura por soluções de packaging à base de fibras por parte de retalhistas e consumidores tem aumentado, garante a DS Smith em comunicado. Um inquérito realizado por esta e pela empresa de estudo de mercado Ipsos, demonstrou que 49% dos consumidores em Portugal preferem embalagens 100% recicláveis e 39% admitem ter deixado de comprar algumas marcas porque o seu packaging não é sustentável.

Nesse sentido, a DS Smith tem vindo a desenvolver soluções à base de fibras de papel, com o intuito de eliminar artigos de plástico quotidianos, tais como tabuleiros de refeições prontas, embalagens de plástico para frutas e legumes e anéis de plástico dos packs de seis latas.

A nível global, a empresa afirma ter substituído 170 milhões de peças de plástico só em 2021, graças às soluções à base de papel para supermercados e retalho online em todo o mundo. Daquele total, mais de 7,7 milhões dizem respeito apenas à Península Ibérica.

No âmbito da sua estratégia de sustentabilidade, que designa como Now & Next, a DS Smith tem o objetivo de retirar mil milhões de peças de plástico das prateleiras dos supermercados no decorrer dos próximos anos, substituindo-as por alternativas em cartão ondulado.

Continuar a ler
Home
Ebook ou livro em papel? Sabes qual é a opção mais sustentável?
Preço do gasóleo já desceu a 1,639 euros/litro. Vê aqui onde é mais barato
Elétrico, radical e inovador, conhece este fantástico triciclo