Sustentabilidade

"Movimento Faz Pelo Planeta By Electrão" premeia ações em prol do ambiente

Projeto vencedor na categoria individual – “Mar à Deriva” – foi responsável pela remoção de quase 30 toneladas de lixo das praias portuguesas nos últimos três anos
Iniciativa Faz pelo Planeta by Eletrão
Iniciativa Faz pelo Planeta by Eletrão
PUB

A associação de gestão de resíduos “O Electrão” deu a conhecer os vencedores da 1ª edição do “Movimento Faz Pelo Planeta By Electrão”, uma iniciativa levada a cabo nos últimos seis meses que visou procurar ativistas ambientais desconhecidos do grande público, que diariamente desenvolvem ações em defesa do ambiente. Ao dar a conhecê-los e às suas intervenções, a associação pretende inspirar outras pessoas a adotarem comportamentos que ajudem a salvar o planeta.

Na categoria “Big Changer”, que premeia pessoas individuais, a vencedora foi Lídia Nascimento e o projeto “Mar à Deriva” que dinamiza em conjunto com o seu marido Manuel Nascimento. A tradutora de inglês-alemão de 50 anos, há 20 que recolhe lixo nas praias, desde embalagens, brinquedos, redes de pesca, medicamentos e até chaves. No total, o seu projeto foi responsável pela remoção de quase 30 toneladas de lixo nos últimos três anos.

PUB
Lídia Nascimento, vencedora do prémio
PUB

Lídia Nascimento é autora do livro “Mar à Deriva” e realiza ações de sensibilização nas escolas, ao mesmo tempo que promove a alimentação sustentável com vista à redução do consumo de carne e de peixe. São ainda da sua autoria as páginas nas redes sociais Facebook e Instagram “Mar à deriva – Adrift Sea”, com as quais pretende sensibilizar a população para o problema do lixo à deriva na costa portuguesa.

PUB

O “Movimento Faz Pelo Planeta By Electrão” atribuiu ainda duas menções honrosas. A Carlos Dobreira pelas ações de plogging (combinação de corrida com recolha de lixo) em que está envolvido desde 2019 e a Miguel Lacerda, fundador da Associação Cascaisea, pelo trabalho desenvolvido de sensibilização para a problemática do lixo marinho, com estudos, livros e formações para crianças e adultos.

Miguel Lacerda (à esquerda) e Carlos Dobreira (à direita), menções honrosas

Já na categoria “Corporate Changers”, dedicada a empresas, o prémio foi para a Infraestruturas de Portugal, pelos projetos de sensibilização que desenvolve internamente e por ter reunido a maior quantidade de resíduos para reciclagem.

“O número de candidatos a ‘Big Changers’ e ‘Corporate Changers’ aproximou-se dos 100 a nível global. Em 2022 queremos elevar a fasquia e aumentar a participação. Vamos voltar a premiar quem já faz pelo planeta, mas com muitas novidades. Queremos potenciar a mudança de que necessitamos para um planeta mais sustentável”, sublinhou o Director-Geral do Electrão, Pedro Nazareth.

PUB

A iniciativa “Movimento Faz Pelo Planeta By Electrão" tem o alto patrocínio da Presidência da República, e tem como parceiros a Agência Portuguesa do Ambiente e o Instituto Português do Desporto e Juventude, entre outras entidades e associações.

Continuar a ler
Home
Cidades
Novas cidades no mundo fazem disparar investimentos
Mobilidade
Veículo elétrico: Stress ou anti-stress?
Evasão
Sugestão de viagem: os 10 castelos mais visitados